Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.647,99
    +1.462,52 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.798,38
    +658,14 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,66
    +1,35 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.768,10
    -29,80 (-1,66%)
     
  • BTC-USD

    60.900,04
    -881,66 (-1,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,06
    +57,32 (+4,07%)
     
  • S&P500

    4.471,37
    +33,11 (+0,75%)
     
  • DOW JONES

    35.294,76
    +382,20 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.234,03
    +26,32 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    25.330,96
    +368,37 (+1,48%)
     
  • NIKKEI

    29.068,63
    +517,70 (+1,81%)
     
  • NASDAQ

    15.144,25
    +107,00 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3297
    -0,0741 (-1,16%)
     

Ações têm melhor sessão em 11 semanas com alta dos bancos

·1 minuto de leitura
Banco central britânico, em Londres

Por Sruthi Shankar e Susan Mathew

(Reuters) - Um salto de 3,5% nos bancos e uma recuperação das empresas de tecnologia levaram índices das ações europeias a subirem mais de 1% nesta terça-feira, também ajudados por dados positivos dos Estados Unidos, que sustentavam Wall Street.

O setor de tecnologia europeu avançou 2,2%, interrompendo uma série de perdas de sete sessões, período em que caiu 11,7%. Seus pares norte-americanos também saltavam à medida que os investidores redirecionavam recursos para ações de crescimento.

A fabricante de chips Infineon ganhou 4,8%, liderando os ganhos depois de confirmar sua receita de 2021 e dizer que espera que os resultados melhorem ainda mais no próximo ano.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 1,23%, a 1.765 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 1,17%, a 456 pontos.

Os papéis de bancos atingiram máximas em mais de um ano e meio. O JPMorgan disse que mantém recomendação "overweight" em relação aos bancos europeus, citando uma tendência de alta de capital e juros.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,94%, a 7.077,10 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,05%, a 15.194,49 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 1,52%, a 6.576,28 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 1,95%, a 25.956,02 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,54%, a 8.927,40 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,40%, a 5.533,67 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos