Mercado fechará em 6 h 38 min

Ações do SoftBank caem após novo prejuízo do Vision Fund

.

TÓQUIO (Reuters) - As ações do SoftBank Group despencaram nesta segunda-feira depois que a empresa divulgou um forte prejuízo de seu braço de investimentos Vision Fund pelo terceiro trimestre consecutivo.

Os papéis caíram 12,7%, a maior queda diária desde março de 2020.

Analistas disseram, no entanto, que o forte recuo das ações deveu-se, em parte, a uma correção frente à alta recente impulsionada pela expectativa de mais recompras de ações. Até o fechamento de sexta-feira, os papéis do SoftBank haviam subido mais de 40% desde outubro.

"Várias expectativas, incluindo de outra rodada de recompras de ações, elevaram os preços das ações e agora eles estão em uma fase de ajuste", disse Shinji Moriyuki, analista da SBI Securities.

Apenas um dia antes dos resultados trimestrais virem à tona na sexta-feira, o SoftBank anunciou a conclusão do plano de 400 bilhões de ienes (2,88 bilhões de dólares) em recompra de ações.

Atul Goyal, analista da Jefferies, disse em nota aos clientes: "Estávamos esperando outra rodada de anúncio de recompra, mas não houve nenhuma".

Agentes de mercado disseram que o fraco desempenho das ações de tecnologia em geral é outro fator que pressiona os papéis do conglomerado japonês.

"As expectativas para o crescimento do SoftBank Group estão diminuindo, pois há uma preocupação de que o valor das empresas de seu portfólio não cresça neste ambiente", disse Shigetoshi Kamada, gerente geral do departamento de pesquisa da Tachibana Securities.

O Vision Fund registrou prejuízo de 1,38 trilhão de ienes (9,9 bilhões de dólares) nos três meses até 30 de setembro, dado que o valor de seu potfólio seguiu em queda.

As ações do SoftBank ainda estavam em alta de 11,7% em relação ao início do ano, superando de longe a queda de 27,9% do Nasdaq Composite.

(Por Kiyoshi Takenaka e Junko Fujita)