Mercado fechará em 6 h 49 min

Ações de Hong Kong caem pelo 5º dia seguida com realização de lucros

Painel eletrônico com informações de bolsas em Xangai

XANGAI (Reuters) - As ações de Hong Kong caíram pelo quinto dia consecutivo nesta terça-feira em meio ao agravamento da situação da Covid-19 na China, embora as ações da China tenham sido ajudadas por novos movimentos para sustentar o setor imobiliário em dificuldade.

O índice Hang Seng de Hong Kong teve baixa de 1,31%.

O índice CSI 300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou com variação positiva de 0,01%, enquanto o índice de Xangai ganhou 0,13%.

"Anteriormente, as ações de Hong Kong registraram ganhos rápidos. É natural que as ações recuem agora e se consolidem", disse Linus Yip, estrategista da First Shanghai Securities, acrescentando que o apetite por risco também é minado por novos surtos de Covid no continente.

Pequim fechou partes e museus nesta terça-feira, enquanto mais cidades chinesas retomaram os testes em massa. Isso porque a China enfrenta um novo pico nacional em casos que aprofundaram as preocupações com sua economia.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,61%, a 28.115 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,31%, a 17.424 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,13%, a 3.088 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,01%, a 3.769 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,59%, a 2.405 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,64%, a 14.542 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,28%, a 3.259 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,59%, a 7.181 pontos.