Mercado abrirá em 5 h 59 min

Ações fecham em nova alta com otimismo comercial EUA-China

Por Medha Singh

Por Medha Singh

(Reuters) - As ações europeias avançaram pela quarta sessão consecutiva nesta quarta-feira, com papéis de telecomunicações subindo após notícia de que a Deutsche Telekom está examinando uma possível fusão com a francesa Orange, enquanto esperanças de fim para a disputa comercial Estados Unidos-China também ajudaram o humor.

A Deutsche Telekom ganhou 1,3% após a notícia do diário alemão Handelsblatt sobre a fusão. As ações da Orange ficaram perto da estabilidade, já que a reportagem disse que "não há ideias ou discussões em andamento".

O setor de telecomunicações teve o melhor desempenho, com alta de mais de 1%.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,32%, a 1.603 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,32%, a 410 pontos.

O STOXX atingiu um novo pico em quatro anos, devido a comentários do presidente dos EUA, Donald Trump, de que Washington está na "fase final" dos trabalhos em um acordo com a China, o que continuou a animar o sentimento.

Os índices acionários dos EUA também bateram recordes nesta quarta-feira.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,36%, a 7.429 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,38%, a 13.287 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,05%, a 5.926 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,26%, a 23.485 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,41%, a 9.362 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,27%, a 5.188 pontos.