Mercado fechado

Ações de fabricantes de freezers disparam por vacina da Pfizer

Gearoid Reidy
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- As notícias sobre a vacina contra a Covid-19 em desenvolvimento pela Pfizer e BioNTech levaram a uma corrida por ações de um nicho relativamente pequeno do mercado acionário da Ásia.

Na Coreia do Sul, as ações da fabricante de freezers e circuladores de ar frio Daihan Scientific e da fornecedora de freezers IlShinbiobase subiram ainda mais depois da alta de 30% na terça-feira. No Japão, a fabricante de geladeiras para cozinhas Hoshizaki avançou quase 10% nas últimas duas sessões, enquanto os papéis da rival Fukushima Galilei registraram o maior aumento intradiário em mais de dois anos na quarta-feira. Na Índia, as ações da Snowman Logistics subiram novamente depois do salto de 15% na terça-feira.

Ao contrário das vacinas normais, a vacina de RNA mensageiro da Pfizer deve ser armazenada a uma temperatura de cerca de 70 graus Celsius negativos para não perder os efeitos. Embora empresas de logística no mundo todo operem cadeias de frio, não trabalham com temperaturas tão baixas.

Em muitas regiões, ninguém tem certeza ainda de quais empresas têm os recursos necessários e, portanto, algumas se beneficiariam com o manuseio do produto que quase todo mundo gostaria de ter em mãos. Isso parece ter colocado o foco em empresas que oferecem soluções de refrigeração industrial.

“Os investidores estão comprando especulativamente essas ações devido às dificuldades logísticas de entrega dessas vacinas”, disse Masayuki Otani, estrategista-chefe de mercado da Securities Japan.

Dadas as apostas que o mercado já presenciou em diferentes fases da pandemia - de fabricantes de respiradores a fornecedores de luvas médicas - não é surpresa que essa nova fase chame a atenção. Mas não está claro se o setor privado ainda está equipado para atender a essa demanda e se isso faria sentido no longo prazo.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.