Mercado abrirá em 5 h 29 min
  • BOVESPA

    106.927,79
    +1.397,79 (+1,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.744,92
    -185,48 (-0,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,31
    +0,49 (+0,58%)
     
  • OURO

    1.818,70
    +2,20 (+0,12%)
     
  • BTC-USD

    42.816,94
    -331,12 (-0,77%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.029,43
    +3,70 (+0,36%)
     
  • S&P500

    4.662,85
    +3,82 (+0,08%)
     
  • DOW JONES

    35.911,81
    -201,79 (-0,56%)
     
  • FTSE

    7.542,95
    -20,90 (-0,28%)
     
  • HANG SENG

    24.158,07
    -225,25 (-0,92%)
     
  • NIKKEI

    28.333,52
    +209,24 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    15.543,75
    -52,00 (-0,33%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3107
    -0,0067 (-0,11%)
     

Ações europeias sobem com apoio de tecnologia e mineradoras; receio sobre Ômicron diminui

·1 min de leitura
Pedestre caminha em frente à Bolsa de Valores de Milão

Por Anisha Sircar

(Reuters) - As ações europeias subiam nesta terça-feira e alcançaram uma máxima em mais de uma semana, impulsionadas por uma forte recuperação em papéis de tecnologia --conforme receios com a variante Ômicron do coronavírus diminuíam-- e por ganhos no setor de mineração, depois que a China afrouxou sua política monetária.

"Você está vendo um aumento firme no otimismo, como investidores estão dizendo. O movimento defensivo instantâneo durante a grande venda pode ter sido muito precipitado, já que a Ômicron pode não ser tão horrível como se pensava anteriormente", disse a analista financeira da AJ Bell Danni Hewson.

As ações de tecnologia subiam 3,9%, após atingirem mínimas em sete semanas na segunda-feira, em meio a uma venda mais ampla de nomes de alto crescimento.

O índice pan-europeu STOXX 600 tinha alta de 1,89%, a 477,56 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançava 1,19%, a 7.318,17 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subia 2,09%, a 15.701,77 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhava 2,17%, a 7.014,43 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha valorização de 1,58%, a 26.918,05 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava alta de 1,07%, a 8.530,00 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizava-se 1,22%, a 5.577,70 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos