Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.316,16
    -1.861,39 (-1,63%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.774,91
    -389,10 (-0,71%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,38
    -1,63 (-2,01%)
     
  • OURO

    1.943,90
    -2,80 (-0,14%)
     
  • BTC-USD

    22.968,88
    -8,12 (-0,04%)
     
  • CMC Crypto 200

    526,66
    +9,65 (+1,87%)
     
  • S&P500

    4.070,56
    +10,13 (+0,25%)
     
  • DOW JONES

    33.978,08
    +28,67 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.765,15
    +4,04 (+0,05%)
     
  • HANG SENG

    22.688,90
    +122,12 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    27.382,56
    +19,81 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    12.221,00
    +114,25 (+0,94%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5462
    +0,0265 (+0,48%)
     

Ações europeias se aproximam de pico em 9 meses conforme rali de ano novo continua

Bolsa de valores de Frankfurt

Por Bansari Mayur Kamdar e Sruthi Shankar

(Reuters) - As ações europeias atingiram o maior patamar em quase nove meses nesta segunda-feira, embora em negociações com volume reduzido devido a um feriado nos Estados Unidos, com papéis imobiliários e de varejo ajudando a compensar perdas nos setores ligados a commodities. O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,46%, a 454,63 pontos, seu maior nível desde abril de 2022, conforme as ações globais continuam a avançar após um rali de ano novo estimulado por esperanças de uma recuperação na economia da China e uma redução das pressões inflacionárias nos Estados Unidos e na Europa. O STOXX 600 sobe 6,6% desde o início do ano, com o clima mais quente alimentando esperanças de uma redução na crise energética europeia provocada pela guerra entre a Rússia e a Ucrânia. O evento anual do Fórum Econômico Mundial em Davos começou de forma presencial nesta segunda-feira após um hiato de três anos, com investidores focados nos comentários de vários formuladores de política monetária de bancos centrais e líderes do setor. Enquanto isso, o Reino Unido e a União Europeia concordaram em prosseguir com negociações em um espírito "construtivo" para tentar resolver uma disputa comercial pós-Brexit sobre a Irlanda do Norte, mas Londres disse que as diferenças permanecem entre os dois lados.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,20%, a 7.860,07 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,31%, a 15.134,04 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,28%, a 7.043,31 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,46%, a 25.901,33 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,12%, a 8.871,10 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,26%, a 6.015,77 pontos.