Mercado fechará em 5 h 32 min
  • BOVESPA

    127.841,30
    -215,92 (-0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.011,52
    -191,28 (-0,38%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,99
    +0,95 (+1,34%)
     
  • OURO

    1.773,70
    -1,10 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    36.781,32
    -1.915,21 (-4,95%)
     
  • CMC Crypto 200

    908,22
    -31,72 (-3,38%)
     
  • S&P500

    4.180,83
    -41,03 (-0,97%)
     
  • DOW JONES

    33.346,45
    -477,00 (-1,41%)
     
  • FTSE

    7.034,53
    -118,90 (-1,66%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9843
    +0,0218 (+0,37%)
     

Ações europeias se aproximam de máximas recordes com impulso de energia e consumo

·2 minuto de leitura
Bolsa de Frankfurt

Por Sruthi Shankar e Shreyashi Sanyal

(Reuters) - As ações europeias permaneceram perto de níveis recordes nesta quarta-feira, ajudadas por empresas de energia e de consumo, enquanto fortes dados econômicos dos Estados Unidos e da Europa elevaram o sentimento dos investidores em um dia de negociações predominantemente calmas.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,34%, a 1.738 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,28%, a 451 pontos, ficando logo abaixo de seu pico histórico atingido na sessão anterior.

Dados mostrando uma forte expansão na atividade industrial dos EUA e da Europa em maio elevaram as ações mundiais para novas máximas na terça-feira, com os investidores à espera de dados de emprego norte-americanos na sexta-feira para a confirmação de uma recuperação sólida na maior economia do mundo.

As ações de petróleo e gás subiram 0,9%, liderando os ganhos setoriais na Europa, uma vez que os preços do petróleo avançavam após a Opep e seus aliados continuarem com seu plano de retomar cautelosamente a oferta aos mercados em junho e julho.

Os setores considerados mais estáveis em momentos de incerteza do mercado -- como o de alimentos e bebidas e o imobiliário -- também fecharam em alta, enquanto as ações de tecnologia e mineradoras caíram.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,39%, a 7.108,00 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,23%, a 15.602,71 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,50%, a 6.521,52 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,23%, a 25.379,69 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,10%, a 9.180,70 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 1,08%, a 5.160,31 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos