Mercado abrirá em 5 h 6 min
  • BOVESPA

    120.705,91
    +995,88 (+0,83%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.829,31
    +80,90 (+0,17%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,89
    +0,07 (+0,11%)
     
  • OURO

    1.833,20
    +9,20 (+0,50%)
     
  • BTC-USD

    50.088,87
    -702,60 (-1,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.382,21
    -5,69 (-0,41%)
     
  • S&P500

    4.112,50
    +49,46 (+1,22%)
     
  • DOW JONES

    34.021,45
    +433,79 (+1,29%)
     
  • FTSE

    7.000,26
    +36,93 (+0,53%)
     
  • HANG SENG

    28.018,83
    +300,16 (+1,08%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.186,50
    +86,25 (+0,66%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4254
    +0,0129 (+0,20%)
     

Ações europeias registram pior sessão do ano com pressão de empresas de tabaco

Sruthi Shankar e Susan Mathew
·1 minuto de leitura
Bolsa de Frankfurt

Por Sruthi Shankar e Susan Mathew

(Reuters) - As ações europeias recuaram quase 2% nesta terça-feira, depois de baterem máximas recordes no dia anterior, com as empresas de tabaco pressionando os mercados do Reino Unido e muitos índices regionais saindo de máximas pré-pandemia.

British American Tobacco e Imperial Brands caíram mais de 7% cada após notícias de que o governo dos Estados Unidos está avaliando exigir que as empresas de tabaco reduzam os níveis de nicotina em todos os cigarros vendidos nos EUA.

As ações da BAT registraram sua maior queda percentual desde março de 2020.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 1,9%, a 1.669 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 1,9%, a 434 pontos, seu maior declínio diário deste ano, acelerando as perdas após uma abertura fraca em Wall Street.

O índice referencial atingiu uma série de máximas históricas este mês, depois de ter subido cerca de 9% até agora em 2021, amplamente em linha com o índice norte-americano S&P 500.

Todos os principais índices da Europa encerraram o dia no vermelho. As ações de viagens e lazer, bancos e seguradoras caíram após fortes ganhos este ano.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 2,00%, a 6.859,87 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,55%, a 15.129,51 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 2,09%, a 6.165,11 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 2,44%, a 24.088,65 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 2,89%, a 8.459,40 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 1,29%, a 4.947,78 pontos.