Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.348,80
    -3.131,73 (-2,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.892,28
    -178,63 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,04
    -1,53 (-2,86%)
     
  • OURO

    1.827,70
    -23,70 (-1,28%)
     
  • BTC-USD

    37.209,10
    +190,82 (+0,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    701,93
    -33,21 (-4,52%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,26 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.735,71
    -66,25 (-0,97%)
     
  • HANG SENG

    28.573,86
    +77,00 (+0,27%)
     
  • NIKKEI

    28.519,18
    -179,08 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    12.759,00
    -142,00 (-1,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3926
    +0,0791 (+1,25%)
     

Ações europeias registram melhor semana em quase 2 meses

Amal S e Shreyashi Sanyal
·2 minuto de leitura
Bolsa de Frankfurt

Por Amal S e Shreyashi Sanyal

(Reuters) - As ações europeias registraram seus maiores ganhos semanais desde novembro nesta sexta-feira, com o DAX da Alemanha atingindo uma máxima recorde devido a dados econômicos melhores do que o esperado e balanços encorajadores de fabricantes de chips.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,65%, a 1.585 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,66%, a 411 pontos, encerrando a primeira semana de 2021 com ganho de 3%, em grande parte impulsionado pela esperança de que uma onda democrata no Senado dos Estados Unidos levaria a um grande pacote de estímulo fiscal no país.

Isso, junto com o otimismo de que o lançamento de vacinas contra o coronavírus alimentará uma forte recuperação global, impulsionou os mercados dos EUA e da Ásia a níveis históricos. O STOXX 600 da Europa era negociado quase 5% abaixo de sua máxima recorde de fevereiro de 2020.

O índice DAX, da Alemanha, apresentou desempenho superior depois que dados mostraram que a produção industrial e as exportações do país aumentaram mais do que o esperado em novembro.

As ações de tecnologia lideraram os ganhos setoriais, já que as fabricantes de chips Infineon, AMS e ASM International subiram entre 1,6% e 6,9% depois que seus pares globais Micron Technology e Samsung Electronics relataram balanços fortes.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,24%, a 6.873,26 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,58%, a 14.049,53 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,65%, a 5.706,88 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,21%, a 22.793,94 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,26%, a 8.407,70 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,69%, a 5.245,52 pontos.