Mercado fechará em 2 h 29 min
  • BOVESPA

    122.040,18
    +238,97 (+0,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.304,25
    +108,82 (+0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    69,14
    +0,99 (+1,45%)
     
  • OURO

    1.809,10
    -5,40 (-0,30%)
     
  • BTC-USD

    40.208,86
    +825,27 (+2,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    994,38
    +18,49 (+1,89%)
     
  • S&P500

    4.419,98
    +17,32 (+0,39%)
     
  • DOW JONES

    34.985,83
    +193,16 (+0,56%)
     
  • FTSE

    7.120,43
    -3,43 (-0,05%)
     
  • HANG SENG

    26.204,69
    -221,86 (-0,84%)
     
  • NIKKEI

    27.728,12
    +144,04 (+0,52%)
     
  • NASDAQ

    15.144,25
    +70,75 (+0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1487
    +0,0304 (+0,50%)
     

Ações europeias recuam no dia mas têm 5° ganho mensal consecutivo

·1 minuto de leitura
Bolsa de Frankfurt

Por Sagarika Jaisinghani e Ambar Warrick

(Reuters) - As ações europeias fecharam em queda nesta quarta-feira, com os investidores consolidando ganhos após uma sequência de vitórias de cinco meses, com temores sobre um eventual aumento da inflação e a variante Delta do coronavírus também retirando algum dinheiro da mesa.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,79%, a 1.749 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,77%, a 453 pontos.

No entanto, o índice STOXX 600 subiu 1,4% em junho, seu quinto mês consecutivo de ganhos. O índice acumula alta de 14,4% até agora este ano.

As ações de automóveis tiveram o pior desempenho do dia, cedendo 1,9%. Mas o setor superava seus pares no acumulado do ano, com um salto de mais de 25%.

O índice referencial europeu ficou a poucos pontos de cravar seu maior ganho percentual no primeiro semestre de um ano desde 1998, em vez disso registrando seus melhores seis meses desde 2019, com um salto de 13,5%.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,71%, a 7.037,47 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,02%, a 15.531,04 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,91%, a 6.507,83 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,01%, a 25.102,04 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,05%, a 8.821,20 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,95%, a 5.034,99 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos