Mercado fechará em 6 h 15 min
  • BOVESPA

    100.774,57
    -1.140,88 (-1,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.007,16
    +308,44 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,72
    +0,15 (+0,23%)
     
  • OURO

    1.779,10
    -5,20 (-0,29%)
     
  • BTC-USD

    56.464,94
    -729,56 (-1,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.441,58
    -27,50 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.513,04
    -53,96 (-1,18%)
     
  • DOW JONES

    34.022,04
    -461,68 (-1,34%)
     
  • FTSE

    7.106,27
    -62,41 (-0,87%)
     
  • HANG SENG

    23.788,93
    +130,01 (+0,55%)
     
  • NIKKEI

    27.753,37
    -182,25 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.828,75
    -41,00 (-0,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4272
    -0,0196 (-0,30%)
     

Ações europeias recuam de máximas recordes após 8 dias de ganhos

·1 min de leitura
Bolsa de Frankfurt, Alemanha

Por Anisha Sircar e Ambar Warrick

(Reuters) - O mercado acionário europeu recuou de máximas recordes nesta terça-feira, embora fortes balanços corporativos e expectativas de recuperação tenham limitado as perdas enquanto investidores aguardam novas pistas de dados econômicos nesta semana.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,19%, a 1.867 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,19%, a 483 pontos, ficando pouco abaixo de seu pico recorde atingido semana passada.

As seguradoras ficaram entre os maiores pesos sobre os mercados europeus, com queda de 0,8%. O grupo alemão Munich Re caiu 2,5% depois de alertar para mais perdas relacionadas à Covid.

As ações de bancos acompanharam as quedas nos rendimentos dos títulos, enquanto as ações de recursos básicos caíram 1,1%.

O STOXX 600 teve oito sessões seguidas de ganhos, com os índices francês CAC 40 e alemão DAX marcando novos recordes na primeira semana deste mês diante de fortes balanços corporativos e da postura "dovish" (inclinado a afrouxamento monetário) do Banco Central Europeu.

Os investidores aguardam agora dados de inflação da Alemanha, além de números de produção industrial do bloco, ainda nesta semana.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,36%, a 7.274 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,04%, a 16.040 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,06%, a 7.043 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,97%, a 27.441 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,05%, a 9.074 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,33%, a 5.682 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos