Mercado abrirá em 6 h 47 min
  • BOVESPA

    108.789,33
    +556,59 (+0,51%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,03
    +900,05 (+1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    113,81
    +1,41 (+1,25%)
     
  • OURO

    1.810,00
    -8,90 (-0,49%)
     
  • BTC-USD

    30.039,90
    -334,76 (-1,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    674,92
    +432,24 (+178,11%)
     
  • S&P500

    4.088,85
    +80,84 (+2,02%)
     
  • DOW JONES

    32.654,59
    +431,17 (+1,34%)
     
  • FTSE

    7.518,35
    +53,55 (+0,72%)
     
  • HANG SENG

    20.671,02
    +68,50 (+0,33%)
     
  • NIKKEI

    26.885,89
    +226,14 (+0,85%)
     
  • NASDAQ

    12.534,00
    -26,25 (-0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2059
    -0,0045 (-0,09%)
     

Ações europeias marcam fim positivo para semana volátil

Salão da Bolsa de Valores de Frankfurt

(Reuters) - As ações europeias subiram nesta sexta-feira e tiveram sua primeira alta semanal em cinco semanas, depois que uma busca por pechinchas tomou conta do pregão após preocupações com um aperto agressivo da política monetária e uma desaceleração do crescimento global.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 2,14%, a 433,48 pontos. Os setores de viagens e lazer, bancos e ações pessoais e domésticas lideraram os ganhos.

"Os mercados de ações estão mostrando fortes ganhos à medida que caçadores de pechinchas compram ações", disse David Madden, analista de mercado da Equiti Capital.

Os mercados globais, particularmente as ações dos Estados Unidos, oscilaram descontroladamente nesta semana, devido ao temor de investidores de que o aperto das condições financeiras --conforme o banco central dos EUA se prepara para uma série de altas na taxa de juros para conter um aumento na inflação-- levará a economia à recessão.

O chair do Federal Reserve, Jerome Powell, repetiu na quinta-feira sua expectativa de que o banco central elevará os custos dos empréstimos em 0,5 ponto percentual em cada uma das próximas duas reuniões de política monetária, o que aliviou preocupações sobre um ajuste maior, de 0,75 ponto, que alguns investidores esperavam.

Incluindo os ganhos desta sexta-feira, o STOXX 600 interrompeu uma sequência de quatro semanas de perdas.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 2,55%, a 7.418,15 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 2,10%, a 14.027,93 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 2,52%, a 6.362,68 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 2,05%, a 24.048,29 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,68%, a 8.338,10 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,88%, a 5.705,12 pontos.

(Por Sruthi Shankar e Shreyashi Sanyal)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos