Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,17 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,14 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,23
    -2,65 (-3,49%)
     
  • OURO

    1.877,70
    -53,10 (-2,75%)
     
  • BTC-USD

    23.339,88
    -20,03 (-0,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,42
    -1,43 (-0,27%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,93 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.616,50
    -230,25 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5385
    +0,0488 (+0,89%)
     

Ações europeias estendem série de altas com otimismo por receitas do 4º tri e China

Bolsa de Frankfurt, Alemanha

Por Bansari Mayur Kamdar e Ankika Biswas

(Reuters) - As ações europeias marcaram sua mais longa sequência de ganhos desde novembro de 2021 nesta quarta-feira, impulsionadas por balanços corporativos favoráveis, enquanto a confiança com a recuperação econômica da China elevou as ações de luxo, com a Hermes atingindo um recorde histórico em um determinado ponto do pregão.

O índice pan-europeu STOXX 600 subiu 0,2%, no sexto dia consecutivo de alta, com o impulso de ações de mineração e de tecnologia .

O índice já subiu 7,7% em 2023, estimulado pelas expectativas de uma recuperação na economia da China, já que Pequim afrouxou suas restrições rígidas contra a Covid-19, aliviando as pressões sobre preços em meio a uma queda nos preços do gás natural e expectativas crescentes de uma recessão leve.

O chanceler alemão, Olaf Scholz, disse em entrevista à Bloomberg TV que está convencido de que a maior economia da Europa não entrará em recessão, apesar do aumento dos preços de energia e dos alimentos após a invasão da Ucrânia pela Rússia.

No Reino Unido, dados mostraram que a inflação dos preços ao consumidor caiu para o menor nível em três meses, de 10,5%, em dezembro, oferecendo algum conforto ao Banco da Inglaterra e às famílias.

No entanto, o STOXX 600 caiu de seus picos da sessão, com Wall Street recuando depois que declarações agressivas de autoridades do Federal Reserve frustraram expectativas de uma redução no ritmo de alta de juros. [.N]

As mineradoras estavam entre as que mais ganharam na Europa nesta quarta-feira, com ações da Glencore e Anglo American saltando 4% e 2,5%, respectivamente, com os preços dos metais subindo na esperança de uma recuperação da demanda chinesa. [MET/L]

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,23%, a 457,53 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,26%, a 7.830,70 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,03%, a 15.181,80 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,09%, a 7.083,39 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,27%, a 26.052,39 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,48%, a 8.933,30 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,50%, a 5.968,13 pontos.