Mercado abrirá em 3 h 51 min
  • BOVESPA

    112.611,65
    +1.322,47 (+1,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.466,02
    -571,03 (-1,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,38
    +0,77 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.795,20
    +2,10 (+0,12%)
     
  • BTC-USD

    36.774,52
    +620,66 (+1,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    833,04
    +13,53 (+1,65%)
     
  • S&P500

    4.326,51
    -23,42 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.160,78
    -7,31 (-0,02%)
     
  • FTSE

    7.554,31
    0,00 (0,00%)
     
  • HANG SENG

    23.578,71
    -228,29 (-0,96%)
     
  • NIKKEI

    26.717,34
    +547,04 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    14.138,00
    +151,25 (+1,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0458
    +0,0218 (+0,36%)
     

Ações europeias encerram semana agitada com perdas

·2 min de leitura
Pedestre caminha em frente à Bolsa de Valores de Milão

Por Anisha Sircar e Susan Mathew

(Reuters) - As ações europeias recuaram nesta sexta-feira, atingindo mínimas da sessão depois de perdas nos papéis dos Estados Unidos com o recuo da tecnologia e temores em torno da variante Ômicron do coronavírus.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,55%, a 1.793 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,57%, a 463 pontos, depois de oscilar entre perdas e ganhos durante toda a semana em meio a preocupações sobre o potencial impacto da recém-detectada variante da Covid-19, além da guinada favorável a redução de estímulos do Federal Reserve.

A criação de vagas de trabalho nos Estados Unidos decepcionou, mostraram dados nesta sexta-feira, mas isso alimentou apostas de que o Fed pode considerar antecipar os aumentos de juros.

Wall Street recuava nesta sessão, com perdas nas ações de gigantes da tecnologia. [.NPT]

"As próximas semanas permanecerão voláteis, conforme o foco recai sobre o último relatório de inflação (dos EUA), a reunião do Fomc (Comitê do Fed que decide a política monetária) de 15 de dezembro e mais informações sobre o impacto da variante Ômicron", disse Edward Moya, analista sênior de mercado da Oanda.

O setor de recursos básicos liderou as perdas na Europa nesta sexta-feira, cedendo 2,5%, uma vez que os preços do cobre e do minério de ferro recuaram, enquanto os papéis de tecnologia acompanharam a queda de seus pares nos Estados Unidos.

Os movimentos do dia deixaram o STOXX 600 em baixa de 0,3% na semana.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,10%, a 7.122,32 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,61%, a 15.169,98 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,44%, a 6.765,52 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,26%, a 25.938,52 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,71%, a 8.241,70 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,12%, a 5.417,41 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos