Mercado fechará em 1 h 21 min
  • BOVESPA

    111.236,19
    -837,36 (-0,75%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.403,42
    -615,49 (-1,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,34
    -0,07 (-0,09%)
     
  • OURO

    1.931,50
    -11,30 (-0,58%)
     
  • BTC-USD

    23.879,04
    +861,30 (+3,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    545,34
    +0,02 (+0,00%)
     
  • S&P500

    4.179,99
    +60,78 (+1,48%)
     
  • DOW JONES

    33.958,23
    -134,73 (-0,40%)
     
  • FTSE

    7.820,16
    +59,05 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    21.958,36
    -113,82 (-0,52%)
     
  • NIKKEI

    27.402,05
    +55,17 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    12.814,50
    +400,25 (+3,22%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4667
    -0,0877 (-1,58%)
     

Ações europeias caem após dados de crescimento econômico alimentarem temores de alta de juros

Bolsa de valores em Frankfurt

Por Sruthi Shankar

(Reuters) - As ações europeias caíram nesta terça-feira, uma vez que dados melhores do que o esperado sobre a atividade empresarial na zona do euro alimentaram preocupações de que o Banco Central Europeu (BCE) teria mais espaço para elevar suas taxas de juros.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em queda de 0,24%, a 453,38 pontos, mas ainda acima das mínimas da sessão.

Dados mostraram que a atividade empresarial da zona do euro voltou de forma inesperada a crescer em janeiro, o que se somou a sinais de que a desaceleração no bloco pode não ser tão profunda quanto se temia e que a união monetária pode escapar da recessão.

Expectativas de uma recessão mais branda na zona do euro e aumentos menores na taxa de juros do Federal Reserve impulsionaram as ações europeias este ano. O STOXX 600 sobe 6,7% até agora em 2023, superando um avanço anual de 4,5% no índice de referência dos EUA S&P 500.

Entre os setores do STOXX 600, as ações de saúde e de energia ficaram na lanterna, em queda superior a 1% cada.

Os ganhos em finanças limitaram as perdas, uma vez que bancos subiram 0,6%, enquanto os papéis do setor industria ligados à economia também avançaram 0,9%.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,35%, a 7.757,36 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,07%, a 15.093,11 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,26%, a 7.050,48 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,24%, a 25.884,31 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,26%, a 8.967,10 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,56%, a 5.939,21 pontos.