Mercado fechará em 1 h 31 min
  • BOVESPA

    110.775,71
    +102,95 (+0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.422,69
    +19,99 (+0,04%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,61
    +0,65 (+0,78%)
     
  • OURO

    1.785,60
    +15,10 (+0,85%)
     
  • BTC-USD

    66.397,21
    +3.038,23 (+4,80%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.544,32
    +63,52 (+4,29%)
     
  • S&P500

    4.531,09
    +11,46 (+0,25%)
     
  • DOW JONES

    35.618,40
    +161,09 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.223,10
    +5,57 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    26.136,02
    +348,81 (+1,35%)
     
  • NIKKEI

    29.255,55
    +40,03 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    15.337,75
    -60,75 (-0,39%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4727
    -0,0235 (-0,36%)
     

Ações europeias avançam com impulso de AstraZeneca e ASM

·1 minuto de leitura
Bolsa de Valores de Paris, no distrito empresarial de La Defense

Por Sruthi Shankar e Shreyashi Sanyal

(Reuters) - As ações europeias subiram nesta quarta-feira, após uma das piores liquidações do mercado este ano, com a AstraZeneca impulsionando o setor de saúde depois de um acordo para comprar uma farmacêutica focada em doenças raras, enquanto a produtora de equipamentos de chips ASM ganhou terreno depois de previsão otimista de balanço.

A farmacêutica britânica AstraZeneca saltou 4,2% após afirmar que assumirá o controle total da Caelum Biosciences em um acordo de até 500 milhões de dólares.

O índice pan-europeu STOXX 600 subiu 0,6%, com os investidores gradualmente deixando para trás a queda de 2,2% registrada na sessão anterior.

As ações globais despencaram na terça-feira, com os rendimentos dos títulos norte-americanos subindo em meio a expectativas crescentes de aumentos mais rápidos dos juros pelo Federal Reserve, afastando os investidores das ações de tecnologia de alto crescimento.

O setor de tecnologia europeu caiu 0,7%, ampliando suas quedas de terça-feira, mas a ASM International saltou quase 3,9% no dia após elevar sua previsão para as encomendas do terceiro trimestre.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1,14%, a 7.108,16 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,77%, a 15.365,27 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,84%, a 6.560,80 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,64%, a 25.736,85 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,25%, a 8.879,40 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,58%, a 5.419,47 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos