Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.953,90
    +411,95 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.743,15
    +218,70 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,46
    +2,70 (+2,55%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +5,60 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    19.127,13
    -125,56 (-0,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    420,84
    +0,70 (+0,17%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,83 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.168,65
    -0,63 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,42 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.610,50
    +81,00 (+0,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5587
    +0,0531 (+0,96%)
     

Wall St avança mais de 2% em ampla recuperação

Placa sinaliza Wall Street, em Nova York

Por Lewis Krauskopf e Devik Jain e Anisha Sircar

(Reuters) - Os principais índices de Wall Street dispararam mais de 2% nesta terça-feira, conforme investidores compraram ações de empresas de energia e papéis de crescimento de megacapitalização depois que o mercado de ações se abalou na semana passada por preocupações com uma desaceleração econômica global.

Todos os 11 principais setores do S&P 500 ganharam, com os papéis em ampla recuperação depois que o índice de referência registrou seu maior declínio percentual semanal desde março de 2020 na semana passada.

O índice S&P 500 fechou em alta de 2,45%, a 3.764,79 pontos. O Dow Jones subiu 2,15%, a 30.530,25 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançou 2,51%, a 11.069,30 pontos.

Os investidores tentam avaliar até onde as ações podem cair à medida que pesam os riscos para a economia com o Federal Reserve tomando medidas agressivas para tentar conter a inflação crescente. O S&P 500 no início deste mês caiu mais de 20% em relação ao recorde histórico de fechamento marcado em janeiro, o que confirma a definição comum de um mercado em baixa.

"Acho que chegamos ao fundo do poço? Não. Acho que veremos mais volatilidade, acho que o processo de atingir esse ponto provavelmente levará algum tempo", disse Kristina Hooper, estrategista-chefe de mercado global da Invesco. "Mas acho que é um bom sinal ver o interesse dos investidores."

O setor de energia, o índice do S&P 500 que mais ganhou este ano, valorizou 5,1% após cair na semana passada. Cada setor teve alta de pelo menos 1%.

As ações dos nomes de megacapitalização Apple Inc, Tesla Inc e Microsoft Corp subiram solidamente para dar os maiores impulsos individuais ao S&P 500. A Apple saltou 3,3%, a Tesla disparou 9,4% e a Microsoft teve variação positiva de 2,5%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos