Mercado abrirá em 6 h 38 min

Ações emergentes sofrem saídas de US$9,7 bi em fevereiro, mostra IIF

LONDRES (Reuters) - Gerentes de portfólio retiraram 9,7 bilhões de dólares de ações emergentes em fevereiro depois que temores sobre a disseminação do coronavírus provocaram uma liquidação em ativos mais arriscados, mostraram dados preliminares do Instituto de Finanças Internacionais (IIF) nesta segunda-feira.

As perdas, que foram mais pronunciadas na Ásia e na América Latina em fevereiro, elevaram as saídas totais do ano de fundos de ações de mercado em desenvolvimento para 11,9 bilhões de dólares, ante entradas de 35,7 bilhões de dólares no mesmo período de 2019, segundo o IIF. Entre as regiões, os fundos asiáticos perderam 4,5 bilhões, enquanto os veículos latino-americanos perderam 3,8 bilhões de dólares em fevereiro.

Enquanto isso, fundos de dívida dos mercados emergentes atraíram 13,2 bilhões de dólares em fevereiro, elevando as entradas no ano para 44,8 bilhões, contra 50,7 bilhões no mesmo período do ano passado. Os fundos de dívida asiáticos arrecadaram 5,1 bilhões de dólares em fevereiro, enquanto os fundos de dívida latino-americanos ganharam 4,3 bilhões, acrescentou o IIF.


(Por Karin Strohecker)