Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.797,30
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    17.046,34
    +50,94 (+0,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Ações dos EUA fecham em alta com investidores de olho em eleições de meio de mandato

Operadores trabalham na Bolsa de Nova York

Por Noel Randewich e Amruta Khandekar

(Reuters) - Wall Street fechou em alta nesta segunda-feira, com os investidores se concentrando nas eleições de meio de mandato de terça-feira que determinarão o controle do Congresso dos EUA, enquanto as ações da Meta Platforms saltaram com a divulgação de um relatório de cortes de empregos na controladora do Facebook.

Os republicanos são os favoritos para conquistar a maioria na Câmara dos Deputados nas eleições, com o Senado classificado como uma incógnita por analistas eleitorais apartidários. Os republicanos podem usar a maioria em qualquer uma das câmaras para barrar a agenda do presidente democrata Joe Biden.

"A probabilidade de os republicanos tomarem a Câmara ou o Senado é bastante alta, garantindo, portanto, algum tipo de impasse nos próximos dois anos. Isso provavelmente tiraria da mesa os aumentos de impostos e qualquer tipo de grande gasto potencialmente percebido como inflacionário", disse Ross Mayfield, analista de estratégia de investimentos da Baird.

Meta Platforms saltou mais de 6% após um relatório de que a empresa planeja iniciar demissões em larga escala esta semana. As ações da empresa caíram mais de 70% até agora este ano.

As ações da Microsoft e da Alphabet, controladora do Google, subiram mais de 2% e contribuíram fortemente para o ganho do S&P 500 na sessão.

O foco desta semana também estará nos dados de preços ao consumidor dos EUA para outubro, que serão divulgados na quinta-feira, para obter pistas sobre o quanto os aumentos das taxas de juros do Federal Reserve dos EUA estão ajudando a esfriar a economia.

O S&P 500 subiu 0,96%, para 3.806,80 pontos, enquanto o Nasdaq Composite avançou 0,85%, a 10.564,52 pontos. O Dow Jones teve alta de 1,31%, para 32.827 pontos.