Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,88 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,40 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,07 (+0,06%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,00 (+0,16%)
     
  • BTC-USD

    29.958,37
    +570,57 (+1,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,80 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,54 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,23 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -2,75 (-0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1540
    -0,0648 (-1,24%)
     

Ações da Tesla perdem US$ 126 bi em valor de mercado após Musk comprar Twitter

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

As ações da Tesla, empresa de Elon Musk do setor de carros elétricos, perderam US$ 126 bilhões (R$ 629 bilhões) em valor de mercado nesta terça-feira (26), de acordo com a consultoria especializada Economatica. A queda de 12,18% aconteceu um dia útil após Musk chegar a um acordo para adquirir a rede social Twitter.

Após a desvalorização, a montadora manteve um valor de mercado de US$ 907 bilhões (R$ 4,5 trilhões). Se considerarmos o período desde 4 de abril, data do anúncio da participação de Musk no capital do Twitter, a Tesla desvalorizou cerca de 23%, ou uma perda de US$ 275 bilhões (R$ 1,3 trilhão). Como Musk é dono de 17% das ações da empresa, ele teria perdido mais de US$ 40 bilhões (R$ 199 bilhões), segundo a Bloomberg.

Parte da queda é justificada pelas preocupações de investidores da Tesla com a compra do Twitter. Para realizar o negócio, Musk garantiu US$ 25,5 bilhões (R$ 127,4 bilhões) em comprometimento de dívidas, incluindo US$ 12,5 bilhões (R$ 62,4 bilhões) em empréstimos com suas ações da Tesla. O acordo também inclui US$ 21 bilhões (R$ 104 bilhões) em patrimônio líquido. Além disso, os investidores temem que o empresário divida sua atenção entre as gestões da Tesla e do Twitter.

Investidores da Tesla se mostram preocupados com a compra do Twitter (Imagem: Reprodução/Dario X/Unsplash)
Investidores da Tesla se mostram preocupados com a compra do Twitter (Imagem: Reprodução/Dario X/Unsplash)

Ainda assim, a Tesla se manteve como a quinta maior empresa em valor de mercado na Bolsa Nasdaq, de acordo com a Economatica. A montadora está atrás apenas de Apple, Microsoft, Alphabet (holding do Google) e Amazon. Além disso, as ações das fabricantes de veículos elétricos Rivian e Lucid também fecharam em baixa de 9,5% e 8,7%, respectivamente.

O Twitter anunciou nesta segunda-feira (25) que fechou o acordo para ser adquirido pelo bilionário Elon Musk. Ele comprou todas as ações da empresa ao preço unitário de US$ 54,20 (R$ 253,21) em uma transação avaliada em cerca de US$ 44 bilhões (R$ 205,5 bilhões). Após a conclusão do negócio, o fundador da Tesla e da SpaceX transformará a rede social em uma empresa privada.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos