Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,46 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.395,53
    +220,05 (+0,75%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1528
    -0,0660 (-1,26%)
     

Ações da Oi sobem após venda da base de assinantes de TV paga para a Sky

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A Oi acertou nesta quinta-feira (28) a transferência de sua base de clientes pós-pagos de TV por assinatura via satélite para a Sky Brasil. O negócio é parte do plano de recuperação da operadora, que faliu e vendeu sua operação móvel ao trio de teles Claro, TIM e Vivo em 2020. O negócio foi finalmente aprovado neste mês.

A venda de clientes da TV por satélite ocorreu por R$ 20 milhões, um valor considerado "simbólico" por se tratar de área deficitária da companhia e com um passivo contratual bilionário combinado a um fornecedor de sinal. Para se ter uma ideia, a compra da operação de celular da Oi envolveu R$ 15,97 bilhões, o que incluiu infraestrutura, espectro e clientes da empresa.

Além de receber os consumidores de TV da Oi, a Sky vai contratar a empresa para prestar serviços de IPTV — TV pela internet, via fibra ótica. A Sky cuidará dos custos da distribuição de conteúdo neste formato. Após o acordo, as ações da Oi subiram 1,25%, chegando a R$ 0,81 na B3, a Bolsa de Valores brasileira.

A venda de clientes de TV por assinatura da Oi à Sky ocorreu por R$ 20 milhões (Imagem: Divulgação/Oi)
A venda de clientes de TV por assinatura da Oi à Sky ocorreu por R$ 20 milhões (Imagem: Divulgação/Oi)

O acordo assinado nesta semana traz as bases do contrato final. A conclusão da operação ainda depende da obtenção da autorização do juízo da recuperação judicial da Oi, para a transferência da Base DTH e a obtenção de aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

De acordo com o site Telesíntese, a Oi não divulgou o que acontecerá com os clientes pré-pagos, que pagam pelos canais por um tempo determinado pelo valor da recarga; e livres, que não assinam mas compraram um aparelho para ter acesso ao sinal das TVs abertas. Segundo a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), a Oi tem 3 milhões de clientes DTH, incluindo os da modalidade livre, e 1,8 milhão de clientes pré-pagos. Já a Sky tem 4,3 milhões de assinantes.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos