Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.909,61
    +2.127,46 (+1,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.174,06
    -907,27 (-1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,05
    +0,85 (+1,09%)
     
  • OURO

    1.749,80
    +1,40 (+0,08%)
     
  • BTC-USD

    16.859,21
    +671,17 (+4,15%)
     
  • CMC Crypto 200

    400,75
    +12,03 (+3,09%)
     
  • S&P500

    3.957,63
    -6,31 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    33.852,53
    +3,07 (+0,01%)
     
  • FTSE

    7.512,00
    +37,98 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    18.204,68
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    27.857,73
    -170,11 (-0,61%)
     
  • NASDAQ

    11.523,25
    -1,50 (-0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4613
    +0,0047 (+0,09%)
     

Ações da China têm queda com dados de lucro industrial e Covid

Telão mostra dados do índice japonês Nikkei em Tóquio

(Reuters) - As ações da China fecharam em baixa nesta quinta-feira, já que dados fracos sobre os lucros industriais e surtos de Covid-19 pesaram sobre o sentimento, enquanto as ações de Hong Kong avançaram em meio à expectativa de que os bancos centrais globais diminuam o aperto monetário.

O índice CSI 300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou em queda de 0,7%, enquanto o índice de Xangai caiu 0,55%.

O Índice Hang Seng de Hong Kong subiu 0,72%, ampliando a recuperação após perdas na segunda-feira.

Os lucros das empresas industriais chinesas caíram a um ritmo mais forte no período de janeiro a setembro, pois a Covid-19 continuou a pesar fortemente na atividade das fábricas.

Afetando ainda mais o apetite de risco, cidades chinesas estão intensificando as restrições de combate ao coronavírus, para deter o aumento de surtos.

"Custos operacionais elevados e riscos geopolíticos crescentes continuaram a pesar sobre o setor industrial", disse o Goldman Sachs em uma nota a clientes, acrescentando que a divergência de lucros dentro do setor continuou significativa.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,32%, a 27.345 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,72%, a 15.427 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,55%, a 2.982 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,70%, a 3.631 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 1,74%, a 2.288 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 1,55%, a 12.926 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,23%, a 3.015 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,50%, a 6.845 pontos.