Mercado fechará em 4 h 7 min
  • BOVESPA

    121.219,45
    -2.357,11 (-1,91%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.199,19
    -434,72 (-0,84%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,01
    -2,55 (-3,61%)
     
  • OURO

    1.810,80
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    39.260,16
    +1.121,77 (+2,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    967,07
    +40,31 (+4,35%)
     
  • S&P500

    4.404,89
    -18,26 (-0,41%)
     
  • DOW JONES

    34.818,97
    -297,43 (-0,85%)
     
  • FTSE

    7.123,86
    +18,14 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    26.426,55
    +231,73 (+0,88%)
     
  • NIKKEI

    27.584,08
    -57,75 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    15.018,75
    -27,50 (-0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1963
    +0,0308 (+0,50%)
     

Ações da China têm pouca alteração com setor de consumo ofuscando perdas nas farmacêuticas

·1 minuto de leitura
Telão em Xangai mostra flutuações dos mercados acionários

XANGAI (Reuters) - As ações da China fecharam em leve alta nesta quinta-feira, com os ganhos nos setores de consumo e novas empresas de energia compensando perdas em firmas de saúde, que foram atingidas por temores de uma queda nos preços dos medicamentos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,2%, enquanto o índice de Xangai ficou estável.

O subíndice de saúde liderou as perdas, caindo 1,7% depois que as quedas nos preços foram divulgadas nos resultados do quinto programa nacional de compra em massa de medicamentos do governo chinês.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos