Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    35.639,40
    -98,65 (-0,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

Ações da China têm maior salto em 3 semanas com força dos setores de agricultura e aço

·1 minuto de leitura
Bolsa de Xangai

XANGAI (Reuters) - As ações da China fecharam em alta nesta quarta-feira, subindo à maior taxa em mais de três semanas, com as ações de agricultura e aço liderando os ganhos em meio à alta da demanda devido a um ímpeto econômico sustentado.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,43%, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,61%, maior salto diário desde 19 de abril.

Liderando os ganhos, os subíndices de saúde e de agricultura subiram ambos 1,79%, enquanto o setor de consumo básico ganhou 1,06%.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 1,61%, a 28.147 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,78%, a 28.231 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,61%, a 3.462 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,43%, a 5.044 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 1,49%, a 3.161 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 4,11%, a 15.902 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,67%, a 3.123 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,73%, a 7.044 pontos.