Mercado fechará em 5 h 41 min
  • BOVESPA

    108.017,61
    +1.545,69 (+1,45%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.209,92
    +486,49 (+1,04%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,23
    +0,22 (+0,25%)
     
  • OURO

    1.800,80
    +9,60 (+0,54%)
     
  • BTC-USD

    24.137,04
    +981,37 (+4,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    563,81
    +20,94 (+3,86%)
     
  • S&P500

    4.178,89
    +33,70 (+0,81%)
     
  • DOW JONES

    33.069,87
    +266,40 (+0,81%)
     
  • FTSE

    7.506,01
    +66,27 (+0,89%)
     
  • HANG SENG

    20.045,77
    -156,17 (-0,77%)
     
  • NIKKEI

    28.249,24
    +73,37 (+0,26%)
     
  • NASDAQ

    13.393,50
    +164,75 (+1,25%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2272
    -0,0394 (-0,75%)
     

Ações da China têm maior queda em 7 semanas por casos de Covid

Investidores em frente a quadro eletrônico mostrando informações sobre o mercado acionário, em Xangai, China

XANGAI (Reuters) - As ações da China registraram nesta segunda-feira a maior queda em sete semanas enquanto as ações de Hong Kong tiveram o maior declínio em um mês, uma vez que o aumento nos casos domésticos de Covid-19 afetou o sentimento, enquanto as preocupações com o fim do afrouxamento monetário também pesaram.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou com queda de 1,67%, enquanto o índice de Xangai teve perda de 1,27%. O índice de Hong Kong Hang Seng caiu 2,77%.

Muitas cidades chinesas estão adotando novas medidas de restrição para controlar novas infecções, com Xangai se preparando para outra campanha de testes em massa após a detecção da subvariante BA.5 Ômicron.

O banco central da China injetou um mínimo de 3 bilhões de iuanes (447,41 milhões de dólares) através de operações de mercado aberto por um sexto dia consecutivo desde a semana passada, levantando a suspeita do mercado de que as autoridades estão deixando gradualmente a flexibilização monetária adotada durante os lockdowns contra a Covid-19.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 1,11%, a 26.812 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 2,77%, a 21.124 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 1,27%, a 3.313 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,67%, a 4.354 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,44%, a 2.340 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,86%, a 14.340 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES permaneceu fechado.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 1,14%, a 6.602 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos