Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.829,73
    -891,85 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.335,51
    -713,54 (-1,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,32
    +0,18 (+0,23%)
     
  • OURO

    1.876,50
    +4,80 (+0,26%)
     
  • BTC-USD

    23.326,10
    +489,36 (+2,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    538,70
    +12,75 (+2,42%)
     
  • S&P500

    4.164,00
    +52,92 (+1,29%)
     
  • DOW JONES

    34.156,69
    +265,67 (+0,78%)
     
  • FTSE

    7.864,71
    +28,00 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    21.283,90
    -14,80 (-0,07%)
     
  • NIKKEI

    27.506,40
    -179,07 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    12.763,75
    -13,00 (-0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5773
    +0,0002 (+0,00%)
     

Ações da China têm fraqueza antes de feriado do Ano Novo Lunar

Painel com cotações em sala de conferência em Tóquio

XANGAI (Reuters) - As ações da China mostraram fraqueza nesta quarta-feira em meio a um volume de negociação reduzido já que muitos trabalhadores urbanos viajaram para o feriado do Ano Novo Lunar, e com alguns investidores realizando lucros diante de preocupações com qualquer incerteza enquanto os mercados estiverem fechados para o festival.

O índice CSI 300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou com queda de 0,17%, enquanto o índice de Xangai ficou estável.

O índice Hang Seng de Hong Kong terminou com alta de 0,47%.

Milhões de trabalhadores urbanos deram início a viagens em toda a China nesta quarta-feira, antes do pico esperado do Ano Novo Lunar de sexta-feira. O feriado de uma semana começa oficialmente no dia 21 de janeiro.

Embora muitos analistas digam que um retorno à normalidade econômica será gradual conforme o impacto da Covid enfraquece, alguns vêem o Ano Novo Lunar como um impulso ao consumo.

Mas com tantas pessoas em movimento, os especialistas em saúde temem um aprofundamento dos surtos da Covid, deixando os idosos em vilarejos rurais particularmente vulneráveis.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 2,50%, a 26.791 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,47%, a 21.678 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ficou estável, a 3.224 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,17%, a 4.130 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,47%, a 2.368 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,04%, a 14.932 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,28%, a 3.289 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,10%, a 7.393 pontos.