Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,17 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,14 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,23
    -2,65 (-3,49%)
     
  • OURO

    1.877,70
    -53,10 (-2,75%)
     
  • BTC-USD

    23.093,72
    -315,52 (-1,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,42
    -1,43 (-0,27%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,93 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.616,50
    -230,25 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5385
    +0,0488 (+0,89%)
     

Ações da China sobem apesar de feriado próximo; índice de Hong Kong cai

Painel eletrônico com informações de bolsas em Xangai

XANGAI (Reuters) - As ações da China subiram nesta quinta-feira com empresas de saúde e tecnologia da informação liderando os ganhos, já que fortes entradas de fluxos estrangeiros ajudaram o sentimento, apesar de volume fraco antes do feriado do Ano Novo Lunar.

O índice CSI 300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou com alta de 0,62%, enquanto o índice de Xangai subiu 0,49%

O índice Hang Seng de Hong Kong terminou com queda de 0,12%.

Outras ações asiáticas tiveram dificuldades para avançar, após dados fracos sobre o consumidor dos Estados Unidos alimentarem preocupações com uma recessão.

Os fabricantes chineses de medicamentos correram para produzir medicamentos contra a febre e outros tratamentos para a Covid-19, depois que o presidente Xi Jinping disse que estava preocupado com as viagens para áreas rurais mal equipadas para lidar com surtos repentinos.

As ações na área da saúde e da tecnologia da informação avançaram 2,2% e 2,6%, respectivamente, para liderar os ganhos.

O feriado de uma semana começa oficialmente em 21 de janeiro, e os economistas buscarão pistas sobre de uma recuperação do consumo no país.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 1,44%, a 26.405 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,12%, a 21.650 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,49%, a 3.240 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,62%, a 4.156 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,51%, a 2.380 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX permaneceu fechado.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,41%, a 3.276 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,57%, a 7.435 pontos.