Mercado abrirá em 4 h 14 min

Ações da China fecham em queda com perdas em tecnologia compensando ganhos no setor automotivo

·1 minuto de leitura
Telão mostra índices acionários da China em Xangai

PEQUIM (Reuters) - As ações da China terminaram em queda nesta quarta-feira, já que a realização de lucros em ações de tecnologia com altas valorizações superou os ganhos das montadoras devido às expectativas de forte crescimento nas vendas este ano.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,29%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,46%.

O subíndice do setor automotivo subiu 5,4% e o setor de consumo básico saltou 1,1%, enquanto o subíndice de saúde avançou 0,9%.

A Chongqing Changan Automobile Co Ltd informou crescimento de 87,2% em suas vendas de veículos em janeiro sobre o ano anterior, enquanto a associação da indústria do país projetou aumento de 4% nas vendas anuais totais de veículos para 2021, a 26,3 milhões de unidades.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 1,00%, a 28.646 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,20%, a 29.307 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,46%, a 3.517 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,29%, a 5.485 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 1,06%, a 3.129 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,07%, a 15.771 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,35%, a 2.927 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,92%, a 6.824 pontos.