Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.953,90
    +411,95 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.743,15
    +218,70 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,46
    +2,70 (+2,55%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +5,60 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    19.233,66
    -208,10 (-1,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    420,84
    +0,70 (+0,17%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,83 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.168,65
    -0,63 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,42 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.610,50
    +81,00 (+0,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5587
    +0,0531 (+0,96%)
     

Ações da China caem após Pequim ampliar medidas contra a Covid-19

Pessoa caminha em passarela sobre quadro eletronico mostrando cotações da bolsa chinesa, em Xangai

XANGAI (Reuters) - As ações da China e de Hong Kong caíram nesta terça-feira já que medidas mais rigorosas contra a Covid-19 em Pequim reacenderam as preocupações com a desaceleração do crescimento, apesar das promessas de mais apoio econômico.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 2,34% no dia, maior perda desde 6 de maio, enquanto o índice de Xangai teve queda de 2,41%, maior queda desde 25 de abril.

O índice de Hong Kong Hang Seng recuou 1,75%, enquanto o China Enterprises Index perdeu 1,98%.

O subíndice do setor financeiro do CSI300 terminou em baixa de 1,49%, o de bens de consumo básicos perdeu 1,45%, o índice imobiliário recuou 0,27% e o subíndice de saúde teve queda de 3,7%.

As empresas de tecnologia, que lideraram uma recuperação do mercado desde o final de abril, caíram com força. O índice CSI Info Tech caiu 4,23% e o índice STAR50 em Xangai teve queda de 4,73%.

Os números diários de Covid-19 na China continuam sendo observados de perto pelos investidores e Pequim informou na segunda-feira 99 novas infecções no dia anterior, a maior contagem diária até agora durante o surto de um mês.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,94%, a 26.748 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,75%, a 20.112 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 2,41%, a 3.070 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 2,34%, a 3.959 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 1,57%, a 2.605 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 1,19%, a 15.963 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,58%, a 3.195 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,28%, a 7.128 pontos.

(Reportagem de Andrew Galbraith)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos