Mercado fechado
  • BOVESPA

    109.068,55
    -1.120,02 (-1,02%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.725,96
    -294,69 (-0,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,51
    +0,50 (+0,69%)
     
  • OURO

    1.799,40
    +1,40 (+0,08%)
     
  • BTC-USD

    16.872,41
    -219,46 (-1,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    394,86
    -7,18 (-1,79%)
     
  • S&P500

    3.933,92
    -7,34 (-0,19%)
     
  • DOW JONES

    33.597,92
    +1,58 (+0,00%)
     
  • FTSE

    7.489,19
    -32,20 (-0,43%)
     
  • HANG SENG

    18.814,82
    -626,36 (-3,22%)
     
  • NIKKEI

    27.686,40
    -199,47 (-0,72%)
     
  • NASDAQ

    11.515,25
    +5,75 (+0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4721
    -0,0066 (-0,12%)
     

Ações da China avançam com expectativa de alívio em tensão EUA-China e flexibilização contra Covid

Bolsa de Valores de Xangai, China

Por Rae Wee e Ankur Banerjee

CINGAPURA (Reuters) - Os mercados chineses avançaram nesta sexta-feira, com cerca de um trilhão de dólares somados ao valor das ações chinesas na semana, uma vez que rumores e notícias alimentaram as expectativas de um alívio tanto na tensão EUA-China quanto nas duras regras contra a Covid no país.

O índice CSI 300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou em alta de 3,27%. O índice de Xangai subiu 2,43% para marcar ganho semanal de 5,3%, o maior em mais de dois anos.

O Índice Hang Seng de Hong Kong teve alta de 5,36%, registrando o maior ganho semanal em 11 anos.

A Bloomberg News informou que as inspeções iniciais pelos EUA de documentos de auditoria em empresas chinesas listadas nos EUA - um ponto antigo de tensão e risco regulatórios - terminaram antes do tempo, aumentando as esperanças de que as autoridades norte-americanas estejam satisfeitas.

Os ganhos em valor, em Hong Kong, Shenzhen e Xangai, durante a semana são de aproximadamente 1 trilhão de dólares. Entretanto, o Hang Seng continua em queda de 30% este ano contra uma queda de 24% nas ações mundiais.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 1,68%, a 27.199 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 5,36%, a 16.161 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 2,43%, a 3.070 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 3,27%, a 3.767 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,83%, a 2.348 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,31%, a 13.026 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,89%, a 3.130 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,50%, a 6.892 pontos.