Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.404,15
    +2.009,31 (+4,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Ações blue-chips da China caem com redução de expectativas de alívio no setor imobiliário

·2 min de leitura
Telão em Xangai mostra flutuações dos mercados acionários

XANGAI (Reuters) - As ações blue-chips da China fecharam em baixa nesta sexta-feira, uma vez que os papéis de incorporadoras recuaram após registrarem compras na sessão anterior diante de apostas de alívio nas políticas do setor imobiliário.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,21%, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,18%.

Na semana, o índice de Xangai ganhou 1,4%, maior alta semanal em dois meses. O CSI300 avançou 1%, maior ganho em cinco semanas.

As empresas imobiliárias caíram 2,3%, um dia depois de registrarem a melhor sessão em quase sete anos diante de uma série de sinais positivos para afrouxamento das políticas no setor.

Banqueiros e analistas, no entanto, disseram que a China vai permanecer firme com as medidas para conter o empréstimo excessivo por incorporadoras imobiliárias mesmo que faça mudanças em financiamentos para ajudar compradores e atender a uma demanda "razoável" em meio à crise de liquidez na indústria.

Existem poucas evidências de que as regras para conter o aumento da dívida no setor serão reduzidas.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 1,13%, a 29.609 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,32%, a 25.327 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,18%, a 3.539 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,21%, a 4.888 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 1,50%, a 2.968 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,38%, a 17.518 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,30%, a 3.228 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,83%, a 7.443 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos