Mercado fechará em 2 h 17 min
  • BOVESPA

    105.579,79
    +1.113,55 (+1,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.143,00
    +215,62 (+0,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,84
    +1,34 (+2,02%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +14,60 (+0,83%)
     
  • BTC-USD

    55.404,57
    -890,20 (-1,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.409,97
    -31,79 (-2,20%)
     
  • S&P500

    4.523,57
    -53,53 (-1,17%)
     
  • DOW JONES

    34.471,20
    -168,59 (-0,49%)
     
  • FTSE

    7.113,23
    -15,98 (-0,22%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.700,00
    -288,50 (-1,80%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4016
    +0,0214 (+0,34%)
     

Ações asiáticas têm modestos ganhos em meio a preocupações com China

·2 min de leitura
A Bolsa de Valores de Xangai durante a epidemia de coronavírus, no distrito financeiro de Pudong

Por Anushka Trivedi

(Reuters) - As ações asiáticas ficaram praticamente estáveis ​​ou ligeiramente mais altas nesta segunda-feira, com um novo surto de Covid-19 na China elevando preocupações sobre a desaceleração do crescimento na segunda maior economia do mundo, enquanto a moeda tailandesa avançou na expectativa de revitalização do setor de turismo do país.

A China, já lutando contra crises de energia e em seu setor imobiliário, alertou no domingo que seu último surto de Covid-19 --em 11 províncias-- provavelmente se espalhará ainda mais, com autoridades desencorajando viagens na tentativa de contê-lo.

Observadores do mercado temem que novas restrições sejam impostas no país, o que pode reduzir o crescimento econômico e o comércio com seus parceiros asiáticos. O iuan abriu em queda de 0,1% com as notícias, mas depois recuperou as perdas.

Pode haver "medidas agressivas para controlar a propagação do vírus", disse Yeap Jun Rong, estrategista de mercado da plataforma de comércio varejista IG, "o que pode limitar o crescimento, potencialmente colocando o apetite por risco na região em espera nos próximos dias."

Na Tailândia, a moeda (o baht) chegou a subir 0,8%, para o maior nível desde 16 de setembro, depois que a economia, dependente do comércio e do turismo, anunciou regras para reabertura para visitantes de 45 países, conforme o país sai de uma quarentena.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei caiu 0,71%, a 28.600,41 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,02%, a 26.132,03 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,76%, a 3.609,86 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,40%, a 4.979,52 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,48%, a 3.020,54 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,03%, a 16.894,24 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,10%, a 3.201,86 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,34%, a 7.441,00 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos