Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    34.296,45
    -1.334,23 (-3,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.017,75
    -138,50 (-0,98%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Ação da BRF dispara após notícia de que JBS avalia contra-ataque a Marfrig

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - As ações da companhia de alimentos BRF saltaram no início dos negócios na B3 nesta sexta-feira, após notícia de O Globo de que a rival JBS estuda um contra-ataque à Marfrig para supostamente avançar sobre o controle da dona das marcas Sadia e Perdigão.

Procurada, a JBS disse que não comenta especulações de mercado.

O movimento da JBS, maior produtora global de carnes, ocorreria depois de a Marfrig ter se tornado recentemente a maior acionista individual da BRF, num movimento que surpreendeu o mercado.

Por volta de 10:35, as ações da BRF desaceleravam os ganhos a 3,18%, negociadas a 28,84 reais. Na máxima, chegaram a 31,98 reais na máxima (+14,4%). JBS tinha elevação de 1,23% e Marfrig recuava 0,38%.

(Por Tatiana Bautzer)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos