A Petrobras vai remunerar seus acionistas em R$ 12 bilhões, referente ao exercício fiscal de 2011, somando juros sobre capital próprio e dividendos. A proposta de pagamento de proventos, que correspondem a R$ 0,92 por ação ordinária ou preferencial, está sendo encaminhada pela administração da companhia para aprovação dos acionistas na assembleia geral ordinária de 2012, a se realizar no dia 19 de março. O montante corresponde a 38,25% do lucro básico para determinação dos proventos.

No total de remuneração ao acionista de 2011 já estão incluídos proventos anteriormente pagos em maio, agosto e novembro, além de R$ 0,20 aprovados pelo conselho com posição acionária em 2 de janeiro deste ano e outros R$ 0,12 por ação de dividendos com base na posição acionária da data da assembleia de março, a serem pagos até 60 dias após esta data, atualizados monetariamente pela taxa Selic.

A Assembleia também discutirá a previsão de orçamento de capital no valor total de R$ 58,812 bilhões. A origem dos recursos será dividida da seguinte maneira: R$ 55,512 bilhões de recursos próprios, oriundos principalmente dos lucros gerados pelas operações, e R$ 3,3 bilhões de recursos de terceiros.

Carregando...