Mercado fechará em 5 h 13 min

9 lugares estranhos e assustadores no Google Maps

O Google Maps tornou possível visitar os mais diversos locais ao redor do mundo, porém, nem todos os destinos possuem uma história bacana, alguns chegam a dar arrepios. A plataforma de mapas mais famosa do mundo também permite encontrar coisas bizarras e misteriosas, e o Canaltech selecionou os locais mais bizarros e assustadores registrados por lá. Confira!

9. Criança fantasma brincando na praia, Papua Nova Guiné

A figura sinistra é vista correndo em direção a outra criança na beira da praia. Não está claro se a silhueta é meramente uma falha da câmera — o que não é incomum no Google Street View. A aparência de criança foi vista em uma pequena ilha no Oceano Pacífico Sul, Nauru — antigamente conhecida como Ilha do Prazer.

Não está claro se a silhueta é meramente uma falha da câmera (Captura de Tela: Munique Shih)
Não está claro se a silhueta é meramente uma falha da câmera (Captura de Tela: Munique Shih)

8. Ilha de Gunkanjima, Japão

Gunkanjima é uma ilha fantasma, agora desabitada há mais de 40 anos, mas que serviu como um complexo industrial para a mineração de carvão. Lá, muitos dos que trabalhavam como escravos na mina submarina eram coreanos, e o local foi desativado em 1974 graças ao petróleo tomando o lugar do carvão.

Gunkanjima serviu para mineração de carvão (Captura de Tela: Munique Shih)
Gunkanjima serviu para mineração de carvão (Captura de Tela: Munique Shih)

7. Ilha de Poveglia, Itália

A Ilha de Poveglia foi usada primeiro como um local para "abrigar" pessoas com peste bubônica — que acabaram sendo abandonadas — e, depois, como um hospício, no início do século 20. No local, muitos pacientes foram submetidos a experimentos físicos e sociais, e "caçadores de fantasmas" afirmam que o lugar é foco de atividade paranormal. Atualmente, visitas são proibidas.

A Ilha de Poveglia é considerada um dos lugares mais mal assombrados do mundo (Captura de Tela: Munique Shih)
A Ilha de Poveglia é considerada um dos lugares mais mal assombrados do mundo (Captura de Tela: Munique Shih)

6. Vilarejo de espantalhos, Nagoro, Japão

O Vilarejo dos Espantalhos em Nagoro é uma atração turística no Japão que deixa muitos turistas assustados por causa dos... Espantalhos! Todos foram criados por Ayano Tsukimi, residente de longa data da cidade, depois de ver o declínio populacional da vila. Ayano optou por criar uma nova comunidade de rostos amigáveis, porém, muitas pessoas no Google relatam que não conseguiriam passar a noite no lugar.

Sempre que um habitante da cidade falece, Ayano Tsukimi cria uma versão dessa pessoa (Captura de Tela: Munique Shih)
Sempre que um habitante da cidade falece, Ayano Tsukimi cria uma versão dessa pessoa (Captura de Tela: Munique Shih)

5. Possível avistamento de Kraken, Antartida

Em 2016, usuários do Google Maps discutiram sobre a possibilidade de um Kraken ter sido flagrado na costa da Ilha Decepção, na Antártida. De acordo com a escala do mapa, o animal teria cerca de 30 metros de tamanho, mas há quem diga que ele pode ser ainda maior. Outras pessoas também alegaram que poderia ser um animal pré-histórico ou um alienígena, mas até hoje ninguém sabe sobre o mistério. Para ver o "Kraken" basta dar zoom no buraco negro.

Será? (Captura de Tela: Munique Shih)
Será? (Captura de Tela: Munique Shih)

4. Catacumbas dos Capuchinhos, Itália

Acredita-se que as pessoas foram inicialmente enterradas nas Catacumbas dos Capuchinhos porque aqueles enterrados ali permaneceram misteriosamente bem preservados. Com o tempo, mais e mais pessoas desejavam ser enterradas lá e, em momentos posteriores, muitas foram embalsamadas.

Muitos visitantes mencionaram que é um bom local pra refletir sobre a efemeridade da vida (Captura de Tela: Munique Shih)
Muitos visitantes mencionaram que é um bom local pra refletir sobre a efemeridade da vida (Captura de Tela: Munique Shih)

3. Catacumbas de Paris, Paris

Paris é conhecida como a "Cidade das Luzes", mas não há muito sol neste cemitério subterrâneo com mais de seis milhões de corpos e cujos ossos estão espalhados em torno de uma rede claustrofóbica de túneis. A história das Catacumbas de Paris iniciou-se, em 1786, depois da superlotação de cemitérios locais.

As Catacumbas de Paris surgiram depois da superlotação de cemitérios locais (Captura de Tela: Munique Shih)
As Catacumbas de Paris surgiram depois da superlotação de cemitérios locais (Captura de Tela: Munique Shih)

2. Ilha das bonecas, México

A Ilha das Bonecas foi criada por Julian Santana Barrera, um recluso que alegou querer aplacar os "gritos do fantasma" de uma menina de 14 anos que sempre ouvia após encontrá-la afogada na Ilha. Depois do acontecimento, Barrera passou a pendurar bonecas por toda a ilha pelos próximos 50 anos.

Julian Santana Barrera começou a pendurar bonecas na Ilha depois de ouvir os gritos de uma menina (Captura de Tela: Munique Shih)
Julian Santana Barrera começou a pendurar bonecas na Ilha depois de ouvir os gritos de uma menina (Captura de Tela: Munique Shih)

1. Igreja São Jorge ou Kostel svatého Jiří, Tchéquia

A Igreja São Jorge, na Tchéquia, está abandonada há mais de 40 anos, pois se acreditava que o ambiente era assombrado após um pedaço do telhado cair durante um funeral, em 1968. A construção, então, foi decorada com esculturas "fantasmas" feitas pelo escultor Jakub Hadrava.

O local tem recebido doações e recursos para ser restaurado nos últimos anos (Captura de Tela: Munique Shih)
O local tem recebido doações e recursos para ser restaurado nos últimos anos (Captura de Tela: Munique Shih)

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: