Mercado fechado

9 dicas para aproveitar as ofertas da Black Friday

Finalmente, chegou a Black Friday, tão esperada por consumidores e empresas do varejo! É aquele momento em que as pessoas vão comprar o tão sonhado eletroeletrônico com um preço especial ou adiantar os presentes de Natal. Não importa seu objetivo, há promoções para todos os gostos e todos os bolsos na Black Friday. Mas não trata-se de uma data sazonal normal, além de ser Black Friday neste ano temos a Copa do Mundo Fifa de Futebol ocorrendo no mesmo período.

A intenção de compra para a última sexta-feira de novembro já é o dobro do percentual de 2021. Quase metade desses compradores busca pelos melhores preços e sempre encontra algo bom para adquirir, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Reclame Aqui.

Na lista de desejos, a categoria de celulares é a segunda mais buscada por 86% dos brasileiros, de acordo com o levantamento do Google e Offerwise. De fato, com a tecnologia cada vez mais enraizada na vida da população, há uma tendência maior na troca por modelos que ofereçam melhores recursos e funcionalidades. Quatro das maiores empresas de telecomunicações estão entre as dez marcas mais mencionadas na imprensa, por realmente oferecerem descontos nessa época, segundo a Knewin.

Mas, antes de sair comprando, é necessário se atentar a alguns detalhes importantes para garantir o melhor preço e evitar as fraudes:

  1. Faça uma lista dos produtos que você quer comprar com os preços atuais. Antes da Black Friday, é útil preparar uma lista de produtos que você quer comprar com seus respectivos preços antes dos descontos. Com isso, você poderá identificar se, de fato, os valores estão em conta e até mesmo se algum varejista inflou os preços para depois baixá-los na sequência. Existem algumas extensões de navegador que podem ajudar nessa pesquisa.

  2. Estipule metas de gastos. A tentação de comprar vários itens em promoção é grande, mas não se esqueça da fatura do cartão de crédito no final do mês. Estipule uma meta de gastos que caiba no seu orçamento e no seu planejamento financeiro, para não entrar numa fria no final do ano, ainda mais que depois vêm o Natal, o ano-novo e as compras escolares de janeiro.

  3. Compare bastante os preços de forma antecipada. Muitas das promoções se iniciam mesmo antes da sexta-feira. Olho vivo! Muitas empresas não fazem apenas a Black Friday, mas sim, uma semana, ou até mesmo um mês, de preços promocionais. Por isso, ter uma lista de produtos que você quer comprar é muito importante. Ela vai permitir que você identifique essas promoções e quedas nos preços com maior agilidade, sem correr o risco de os produtos acabarem.

  4. Não se esqueça do frete. Vamos supor que você encontre o produto que quer e com um precinho bacana. Sucesso, não é? Calma, não se esqueça do valor do frete. Às vezes, esse detalhe pode não compensar aquele megadesconto. Ou então, às vezes, o produto com desconto menor e frete grátis pode ser mais em conta que aquele com desconto maior e frete caro.

  5. Cuidado com produtos muito baratos. Aqui fica um alerta: desconfie quando encontrar um produto cujo preço esteja muito abaixo do mercado, principalmente quando o fornecedor não é conhecido, ou no caso de marketplaces que vendem produtos do chamado "mercado cinza", que são mercados não oficiais e trazem produtos ao país sem pagar impostos. A busca do preço mais baixo não deve se sobrepor à sua segurança digital.

  6. Procure sempre uma loja conhecida, com certificado de segurança e boa reputação entre os clientes. Esse detalhe pode passar despercebido, mas é muito importante. As lojas conhecidas, além de terem reputação estabelecida no mercado, também têm certificados de segurança que garantem as transações digitais e ajudam a evitar vazamentos de dados.

  7. Cheque as condições de pagamento. Dependendo da escolha, o preço final pode ter alterações sensíveis. Algumas modalidades de pagamento oferecem ainda mais descontos, conforme o varejista. É o caso do Pix e do boleto bancário. Fique atento, porque muitos e-commerces, e até mesmo a busca do Google, sinalizam o preço à vista, mas, no cartão a prazo, podem apresentar aumento.

  8. Cheque o prazo de entrega. Caso você queira comprar um produto para dar de presente no Natal, opte por fretes expressos. O volume de pedidos na Black Friday pode afetar a logística das entregas e gerar atrasos. Além disso, fatores externos podem gerar alterações nos prazos. Portanto, mesmo se a ideia for comprar um presente para uma data futura, escolha um frete expresso, para evitar ter de cancelar a compra depois.

  9. Fique atento a cupons, cashbacks e trade-ins, que garantem ainda mais descontos no valor final. Nas redes sociais, alguns varejistas compartilham cupons promocionais, que ajudam ainda mais os consumidores a conseguir aquele preço ideal. Então, não perca tempo e fique atento. Só não se esqueça de checar o prazo de utilização de alguns cupons, que expiram rapidamente.

Aproveite as ofertas e boas compras!

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: