Mercado fechará em 3 h 27 min
  • BOVESPA

    103.702,16
    -4.032,85 (-3,74%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.109,30
    +89,25 (+0,17%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,97
    +0,47 (+0,57%)
     
  • OURO

    1.803,00
    +21,10 (+1,18%)
     
  • BTC-USD

    60.947,00
    -1.848,52 (-2,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,96
    -49,07 (-3,26%)
     
  • S&P500

    4.535,62
    -14,16 (-0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.596,02
    -7,06 (-0,02%)
     
  • FTSE

    7.218,34
    +28,04 (+0,39%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,40 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,27 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.340,75
    -138,00 (-0,89%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6875
    +0,1065 (+1,62%)
     

9 apps de exercícios físicos e treinos para o Apple Watch

·7 minuto de leitura

Quando foi idealizado em 2014, o Apple Watch seria originalmente um acessório fashion, pensado para a moda. Porém, seu principal objetivo foi repensado até o seu lançamento oficial, em abril de 2015, quando a Apple o apresentou já o definindo como um acessório para atividades físicas e trazendo recursos importantes relacionados à saúde física, como os apps nativos Fitness (Atividade) e Exercícios — isto sem mencionar ainda uma edição própria do smartwatch em parceria com a Nike.

No decorrer dos anos seguintes ao lançamento do primeiro modelo de Apple Watch, os desenvolvedores criaram versões de seus aplicativos para o sistema watchOS, muitas delas pensadas e voltadas particularmente para o uso no relógio, principalmente apps de atividades físicas e treinos.

Descubra abaixo 9 aplicativos super úteis para realizar exercícios físicos e treinar com o seu Apple Watch no pulso.

Exercício

Antes de qualquer coisa, vamos iniciar a lista com o único aplicativo nativo de exercícios físicos, o Exercício do watchOS. O app conta com uma lista de diversas atividades físicas, como nado em águas abertas, trilha, nado em piscina, ioga, subida de escadas, dança, escalada, Pilates, remada, Tai-Chi, dentre muitas outras opções — incluindo também esportes, desde os mais comuns, como futebol e basquete, até os mais específicos, como esgrima, arco e flecha, críquete, artes marciais e surfe.

App Exercício, nativo do watchOS. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)
App Exercício, nativo do watchOS. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)

Ao iniciar um treino, o aplicativo automaticamente ativa o recurso Foco do iOS 15 no Modo Exercício e exibe na tela informações referentes à atividade física escolhida por você, trazendo dados como, por exemplo, o seu ritmo de batimentos cardíacos, número de calorias ativas e totais, tempo de duração do treino e pace de corrida ou caminhada.

Treino em andamento no app Exercício. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)
Treino em andamento no app Exercício. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)

Strava

Com um foco maior em corridas e pedaladas, mas também incluindo uma série de outros tipos de atividades físicas, o Strava funciona — além de um app para treinos de exercícios físicos gerais — como uma rede social, onde é possível curtir e comentar as atividades das pessoas que você segue em uma timeline no app do iOS.

Tela inicial do app Strava. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)
Tela inicial do app Strava. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)

Assim como o app nativo Exercício, o Strava do watchOS também apresenta informações relevantes na tela enquanto estiver "gravando" um treino, como o tempo de duração da atividade e o pace parcial da caminhada, corrida ou pedalada.

Dependendo do tipo de exercício físico selecionado, o aplicativo também exibe outros dados, como o registro do seu batimento cardíaco máximo e a média geral do ritmo de batimentos durante o seu treino.

Treino em andamento no app Strava. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)
Treino em andamento no app Strava. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)

Nike Running Club + Nike Training Club

A Nike disponibiliza na App Store dois apps diferentes para treinos: um apenas para corridas, o Nike Running Club, e outro para atividade físicas gerais, o Nike Training Club — ambos gratuitos e bem completos no que oferecem.

O app de corrida da Nike, por exemplo, apresenta na tela informações relevantes ao seu ritmo de corrida, e permite que você possa alterar o dado exibido, substituindo um indicador por outro — basta você clicar em "Duração", por exemplo, para alterar e exibir o seu ritmo de batimentos cardíacos, se assim for a sua preferência.

Treino em andamento no app Nike Running Club. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)
Treino em andamento no app Nike Running Club. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)

Já o app de atividade físicas gerais armazena uma vasta quantidade de treinos prontos, que você deve escolher e iniciar pelo app do iOS. Uma vez iniciado, você pode esquecer o seu iPhone e se apoiar apenas no Apple Watch para acompanhar todo o seu treino, incluindo as transições de movimentos, períodos de repouso, número de calorias gastas e o seu ritmo de batimento cardíaco.

Treino em andamento no app Nike Training Club. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)
Treino em andamento no app Nike Training Club. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)

Adidas Running + Adidas Training

Assim como os apps da concorrente Nike, a Adidas também possui um app específico para corridas, o Adidas Running, e outro para exercícios físicos gerais, o Adidas Training — também gratuitos, mas com opção para desbloquear recursos mais completos através de uma assinatura paga de R$ 31,90 por mês ou R$ 162,90 por ano.

Isso acontece porque os apps foram originalmente desenvolvidos pela Runtastic, que foi adquirida pela Adidas em 2015. Mesmo sem os recursos premium, o app de corrida oferece uma interface bem interessante, exibindo dados referentes ao seu percurso.

Treino em andamento no app Adidas Running. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)
Treino em andamento no app Adidas Running. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)

O app de exercícios físicos gerais segue a mesma linha do seu concorrente da Nike: é preciso iniciar no app do iOS antes de tudo, para depois poder esquecer o seu iPhone e acompanhar todo o seu treino pelo Apple Watch no seu pulso, também incluindo as transições de movimentos e paradas de descanso.

Treino em andamento no app Adidas Training. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)
Treino em andamento no app Adidas Training. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)

Freeletics

Apesar do nome, é difícil conseguir aproveitar bem os recursos do app Freeletics sem adquirir alguma das várias formas de assinatura disponibilizadas. A ideia aqui é que o aplicativo seja seu coach não só de treino, mas também oferecendo um plano nutricional — o valor dos planos varia conforme o período de uso selecionado, sendo proporcionalmente mais barato o pacote de 12 meses do que o de apenas três (o plano com acompanhamento nutricional naturalmente é mais caro).

Tela inicial do app Freeletics. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)
Tela inicial do app Freeletics. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)

Apesar do app insistir na assinatura paga, é possível utilizá-lo para treinar com alguns dos planos de atividades físicas prontos disponibilizados de forma gratuita nas abas "Feed" e "Explore".

Ao iniciar pelo app do iOS, você pode acompanhar o treino pelo seu Apple Watch, incluindo a transição dos movimentos e os períodos de repouso — porém, os nomes dos exercícios em inglês não colaboram para que você entenda de imediato o que é preciso ser feito, sendo necessário alcançar o seu iPhone para visualizar os movimentos exibidos na tela.

Treino em andamento no app Freeletics. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)
Treino em andamento no app Freeletics. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)

SmartGym

Com mais de 100 treinos pré-montados, o SmartGym é uma ótima alternativa para quem se der ao luxo de pagar uma assinatura. São dois planos pagos para escolher: o Premium, com uma cobrança mensal de R$ 18,90 ou anual de 109,90, e o Premium+, com uma cobrança mensal de R$ 24,90 ou anual de R$ 149,90. Para testar os planos, você ganha uma semana de uso grátis, sem cobrança imediata.

A segunda opção de plano premium naturalmente conta com mais recursos, o que inclui o recurso "Smart Trainer", uma inteligência artificial que cria treinos completos e personalizados, além de sugerir alterações à medida que você completa seus exercícios.

Treino em andamento no app SmartGym. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)
Treino em andamento no app SmartGym. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)

Como pontos de destaque, o app permite que você inicialize um treino diretamente pelo Apple Watch — não sendo necessário abrir o app do iOS — e oferece, enquanto você segue a sua ficha de treino, exibições na tela do movimento correto que você deve seguir.

Explicação de movimento, no app SmartGym. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)
Explicação de movimento, no app SmartGym. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)

Seven

Assim como o SmartGym, o aplicativo Seven somente permite que você o usufrua com uma assinatura paga, sendo cobrado o valor mensal de R$ 29,90 ou anual de R$ 199,90, o que também inclui uma semana de uso grátis para testar o plano, sem cobrança imediata.

Com uma interface colorida, o trabalho de UI se destaca admiravelmente no app do iOS. Os treinos prontos envolvem desafios que podem ser curtidos, comentados e compartilhados com pessoas em todo o mundo, como se fosse uma rede social.

Tela inicial do app Seven. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)
Tela inicial do app Seven. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)

No app do watchOS, os treinos são bem exemplificados, trazendo animações coloridas e bem esclarecedoras para exemplificar o movimento correto que você deve seguir.

Treino em andamento no app Seven. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)
Treino em andamento no app Seven. Captura de tela: Lucas Wetten (Canaltech)

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos