Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.061,99
    -871,79 (-0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.675,57
    +146,60 (+0,30%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,94
    -0,73 (-1,16%)
     
  • OURO

    1.794,40
    +16,00 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    56.236,39
    +852,97 (+1,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.297,50
    +34,54 (+2,73%)
     
  • S&P500

    4.159,91
    +24,97 (+0,60%)
     
  • DOW JONES

    34.033,82
    +212,52 (+0,63%)
     
  • FTSE

    6.895,29
    +35,42 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.621,92
    -513,81 (-1,76%)
     
  • NIKKEI

    28.508,55
    -591,83 (-2,03%)
     
  • NASDAQ

    13.866,50
    +72,25 (+0,52%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7005
    -0,0020 (-0,03%)
     

8 encontros de mata-mata memoráveis entre Grêmio e Palmeiras

Fabio Utz
·5 minuto de leitura

Este é um verdadeiro embate de gigantes. Palmeiras e Grêmio, que neste domingo iniciam a disputa da final da Copa do Brasil, têm muita história para contar. No confronto direto, inclusive, já protagonizaram batalhas memoráveis - porém, nunca em uma decisão. Para aquecer o duelo, relembramos oito encontros de mata-mata que não saem da cabeça de tricolores e alviverdes.

1. Copa do Brasil 1993

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Palmeiras e Grêmio empataram por 1 a 1 no Pacaembu, gols de Edmundo (P) e Gilson (G), pela rodada de ida das quartas de final. No duelo da volta, no Olímpico, novo 1 a 1 (Tonhão fez para os visitantes e Charles deixou tudo igual) levou a definição do classificado para os pênaltis. Foi então que o goleiro Eduardo Heuser se tornou o herói tricolor, garantindo o 7 a 6 e a ida à semifinal.

2. Copa do Brasil 1995

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

As oitavas de final do torneio nacional entraram para a história. A partida de ida, no Olímpico, terminou empatada em 1 a 1, com gol de Dinho para o Grêmio e Rivaldo para o Palmeiras. No Palestra, porém o Tricolor viveu uma de suas páginas mais gloriosas e tensas. Abriu 2 a 0 (gols de Luiz Carlos Goiano e Paulo Nunes), teve três atletas expulsos (Dinho, Arilson e Goiano), levou o empate no segundo tempo (Lozano e Rivaldo fizeram) e, mesmo assim, garantiu a vaga.

3. Libertadores 1995

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

São os duelos que, naturalmente, vêm à cabeça do torcedor quando se fala na rivalidade entre Grêmio e Palmeiras na década de 1990. Em Porto Alegre, em uma verdadeira batalha campal, com briga generalizada e tudo, o Tricolor se deu melhor. Arce, Arilson e Jardel (três vezes) garantiram um impressionante placar de 5 a 0, colocando os gaúchos em grande vantagem nas quartas de final. Porém, em São Paulo, se não fosse Jardel abrir o placar, talvez a história teria sido bem diferente, já que o Verdão virou para 5 a 1 - Cafu (duas vezes), Amaral, Paulo Isidoro e Mancuso balançaram a rede. Mesmo assim, deu Grêmio.

4. Copa do Brasil 1996

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A semifinal do torneio pegou fogo. No Palestra Itália, o Palmeiras conseguiu uma vantagem confortável, ganhando por 3 a 1. Rivaldo, Djalminha e Müller marcaram para os donos da casa, com Paulo Nunes descontando. No Olímpico, Cláudio colocou os paulistas com uma vantagem ainda maior, mas Jardel e Zé Alcino viraram. Ao final, um novo gol de Jardel levaria a decisão por pênaltis, mas o juiz Francisco Dacildo Mourão, por conta de uma marcação errada de impedimento do auxiliar Paulo Jorge Alves, anulou o lance. Assim, o Palmeiras foi à decisão.

5. Campeonato Brasileiro 1996

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Teve encontro entre Grêmio e Palmeiras nas quartas de final. No Olímpico, o Tricolor saiu perdendo com gol de Luizão, mas virou com Emerson, Zé Afonso s Luiz Carlos Goiano, levando para o Morumbi uma vantagem de 3 a 1. Na volta, Elivelton garantiu o 1 a 0 para o Palmeiras, mas foram os gaúchos que comemoraram a classificação.

6. Copa do Brasil 2012

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A semifinal da Copa do Brasil colocou mais uma vez Grêmio e Palmeiras frente a frente. E o Verdão foi soberano. No Olímpico, Mazinho e Barcos garantiram o 2 a 0. Depois, na Arena Barueri, o empate por 1 a 1 foi suficiente para levar o Verdão à decisão. Fernando fez para os visitantes, e Valdivia deixou tudo igual.

7. Copa do Brasil 2016

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O duelo valeu pelas quartas de final do torneio. No primeiro jogo, em Porto Alegre, o Grêmio fez valer o mando de campo e ganhou por 2 a 1. Ramiro e Pedro Rocha marcaram para os donos da casa, e Zé Roberto descontou. No segundo encontro, no Allianz Parque, Thiago Martins deixou o Palmeiras em vantagem, resultado este que valeria a classificação. Porém, Everton empatou e garantiu a vaga ao Grêmio.

8. Libertadores 2019

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Grêmio e Palmeiras se cruzaram nas quartas de final da competição. Pois o Tricolor protagonizou uma verdadeira remontada. Depois de perder por 1 a 0 na Arena (gol de Gustavo Scarpa), o time comandado por Renato Portaluppi foi ao Pacaembu e, de virada, ganhou por 2 a 1 - Luiz Adriano abriu o placar para os paulistas, mas Everton e Alisson mudaram a história do confronto. No saldo qualificado, os gaúchos foram adiante, e a equipe de Luiz Felipe Scolari ficou pelo caminho.