Mercado abrirá em 5 h 8 min

7 profissões que prometem aquecer o setor de tecnologia em 2023

Com a aceleração da transformação digital, novas carreiras ganham destaque à medida que as demandas do mercado tecnológico mudam. No Brasil, a chegada do 5G e o aniversário de dois anos de vigência da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), confirmam que as empresas devem investir em profissionais do segmento nos próximos anos.

Diante deste cenário de mudança, Alexandre Tibechrani, General Manager Americas da escola de tecnologia Ironhack, listou quais são os sete cargos que estarão em alta em 2023. Confira:

O mercado tecnológico continuará aquecido na próximo ano (Imagem: Reprodução/Andrea Piacquadio/Pexels)
O mercado tecnológico continuará aquecido na próximo ano (Imagem: Reprodução/Andrea Piacquadio/Pexels)

7 carreiras em destaque em 2023

1. Desenvolvedor Full Stack JS

Segundo uma pesquisa feita pela Forbes e a Robert Half, o desenvolvedor de Web está entre as dez profissões mais promissoras, com um crescimento de 5,2% ao ano. Sendo assim, o especialista Full Stack JS — aquele que tem domínio sobre os aspectos de back-end e front-end de um aplicativo, é um dos mais requisitados pelas organizações ao redor do mundo.

“A natureza altamente técnica do trabalho, traz para esses colaboradores salários cada vez mais altos e muitas oportunidades para subir na hierarquia da companhia a qual prestam serviços”, diz Tibechrani.

2. Especialista em segurança cibernética

Dados de um relatório da LearnBonds revelam que 70% das grandes empresas aumentaram os gastos com cibersegurança para enfrentar os desafios impostos pela pandemia. Para o executivo da Ironhack, à medida que a tecnologia continua a ocupar um espaço maior em nossas vidas, a necessidade de talentos no tema também aumenta.

“Infelizmente, crimes virtuais como esquemas de phishing ou ataques de ransomware se desenvolvem com a chegada de novas ferramentas. Dessa forma, profissionais que sabem trabalhar com a proteção de dados e a segurança da informação permanecerão na lista de prioridades de contratações”, afirma.

3. Especialista técnico em SEO

Os especialistas técnicos em SEO são responsáveis por otimizar o back-end de um site, a fim de aumentar sua visibilidade nos mecanismos de pesquisa e direcionar mais tráfego. “Ao contrário do SEO on-page, o SEO técnico possui habilidades como codificação e análise de dados.”, explica Tibechrani.

Para o executivo, a competitividade crescente entre as marcas deve aquecer essa área em diversos segmentos, desde startups de tecnologia até agências de marketing.

4. Analista de dados

Conforme aponta a Secretaria de Estatísticas Trabalhistas dos Estados Unidos, a demanda por perfis em análise de dados deve crescer 23% entre 2021 e 2031. A razão do aumento se dá, principalmente, ao fato desses profissionais ajudarem as empresas a tomar decisões, melhorar produtos e serviços e fazer perguntas importantes que podem levar a novas descobertas.

“Os analistas de dados executam uma variedade de tarefas, além de trabalharem com outros colaboradores de TI para determinar quais informações são necessárias para atingir as metas de negócios. Ou seja, são indispensáveis para qualquer organização atualmente”, pontua o General Manager Americas da Ironhack.

5. Designer de produto

Os designers de produtos trabalham em todas as fases do ciclo de vida do produto, desde a concepção e execução, até a distribuição e manutenção. Esses especialistas geralmente trabalham em equipes interdisciplinares que incluem engenheiros, profissionais de marketing e designer UX/UI.

“O trabalho deles mistura a criatividade e a garantia de que todos os processos funcionem como planejados, mistura totalmente requisitada em todas as empresas”, ressalta Tibechrani.

6. Desenvolvedor Javascript

A demanda por desenvolvedores de Javascript segue em um crescimento constante há anos, visto que é uma das linguagens de programação mais importantes para a tecnologia moderna e uma das mais usadas por empresas.

“Os projetos mais inovadores do mercado, presentes em assuntos como big data, blockchain, IoT e IA, envolvem times que possuem esse entendimento. Logo, quem buscar se aperfeiçoar nesse segmento e nesta tecnologia com certeza terá oportunidades de emprego garantidas para os anos seguintes”, enfatiza o executivo.

7. Designers de interface do usuário (UX/UI)

Por último, mas não menos importante, estão os profissionais de design de interface (UI) e experiência do usuário (UX), responsáveis pela aparência de um produto digital, criando aspectos visuais de um site e aplicativo, além de garantir uma boa experiência para os clientes ou usuários da empresa.

“Junto dessas skills, a valorização dos profissionais está crescendo devido à colaboração com designers de UX/UI e desenvolvedores da Web, que garante que os projetos sejam implementados corretamente em toda a companhia”, finaliza.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: