Mercado fechará em 4 h 25 min
  • BOVESPA

    112.397,75
    -2.030,43 (-1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.381,18
    -304,85 (-0,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,34
    -0,10 (-0,12%)
     
  • OURO

    1.773,20
    +7,50 (+0,42%)
     
  • BTC-USD

    61.827,62
    -122,17 (-0,20%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.443,41
    -19,95 (-1,36%)
     
  • S&P500

    4.507,64
    +21,18 (+0,47%)
     
  • DOW JONES

    35.385,23
    +126,62 (+0,36%)
     
  • FTSE

    7.206,18
    +2,35 (+0,03%)
     
  • HANG SENG

    25.787,21
    +377,46 (+1,49%)
     
  • NIKKEI

    29.215,52
    +190,06 (+0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.345,75
    +55,25 (+0,36%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4573
    +0,0658 (+1,03%)
     

7 motivos para assistir Seinfeld na Netflix

·5 minuto de leitura

Depois de muita espera, Seinfeld faz finalmente parte do catálogo de produções exclusivas da Netflix. A série de comédia da década de 1990 foi um verdadeiro sucesso e desdobrou-se por nove temporadas, seguindo a tradicional (e até bem simples) premissa de acompanhar a vida cotidiana de quatro amigos em Nova York.

Foram quase US$ 3 bilhões para o título se tornar uma série com o selo da Netflix, mas agora que todos os episódios estão disponíveis, o que nos resta é aproveitar, não é mesmo? Seinfeld é sem dúvidas uma das melhores séries de comédia da televisão e mantém um público fiel até hoje. Pensando nisso, listamos sete motivos para você dar uma chance a Jerry Seinfeld, George Constanza, Elaine Benes e Cosmo Kramer. Confira!

Seinfeld finalmente entrou na Netflix! (Imagem: Divulgação / NBC)
Seinfeld finalmente entrou na Netflix! (Imagem: Divulgação / NBC)

7. Série para todos os tipos de humor

O que faz as sitcoms serem tão populares é a sensação de conforto na proposta do formato de um modo geral: os episódios são curtos, com uma trama simples e encarada de maneira leve. Com Seinfeld não é diferente: apesar de não ter uma história mirabolante e apoiar todo o humor e desenrolar de seus acontecimentos na capacidade humorística do elenco, a série está em muito boas mãos quando se trata da fluidez de seus roteiros e desfecho de seus eventos.

Por se tratar de algo tão leve e delicioso de se assistir (seja um ou dez episódios de uma vez só), Seinfeld, assim como qualquer outra sitcom, é uma série para todas as horas e todos os tipos de humor. Seja para uma rápida distração após um longo e difícil dia ou uma maratona de fim de semana em frente à televisão, o programa preenche todos os requisitos e entrega entretenimento de qualidade e divertido.

6. Série ajudou os ansiosos durante o isolamento

Com a pandemia da covid-19, muitas pessoas ao redor do mundo voltaram para si mesmas e para aquilo que lhes trazia mais conforto. Para muitos, a nostalgia deu conta do recado. A jornalista Rhiannon Lucy Cosslett chegou a escrever para o The Guardian como Seinfeld foi seu escapismo durante um ano de isolamento social na agitada cidade de Nova York.

No texto, a autora até chega a declarar que "Friends tem a reputação de ser a melhor pedida da comédia confortável, mas as melhores partes foram inspiradas em Seinfeld". Por se tratar de uma história ambientada nos anos 1990, a série foi uma excelente alternativa para a Geração Y em tempos difíceis, uma vez que puderam voltar a uma realidade menos tecnológica e muito mais complicada, porém vista e lidada de uma forma extremamente mais leve.

(Imagem: Divulgação / NBC)
(Imagem: Divulgação / NBC)

5. Seinfeld tem constância

Diferente de algumas sitcoms, Seinfeld não possui uma parte em que a série "fica ruim". É muito comum observar fãs de determinadas produções declararem que "tal série a partir de tal temporada perde a mão", mas em Seinfeld as coisas funcionam um pouquinho diferente. Há quem diga que a primeira temporada (que tem apenas cinco episódios) tem um tom um pouco diferente das oito seguintes, mas isso de modo algum torna a série mais difícil de ser assistida.

4. Abordagem diferenciada

Enquanto Family Ties e Full House giravam em torno de uma família, Seinfeld traz quatro personagens que não têm nenhum laço sanguíneo entre si. Na realidade, uma das coisas mais interessantes na série é que ela traz quatro figuras antipáticas na mesma tela que, curiosamente, possuem muita química.

Com o mantra da produção "sem abraços, sem aprendizado", os personagens principais dificilmente aprendiam lições de moral. A indiferença ao mundo exterior e a insensibilidadade diante de pessoas desconhecidas e até mesmo muito próximas é o que fez as dinâmicas retratadas em tela absolutamente únicas.

(Imagem: Divulgação / NBC)
(Imagem: Divulgação / NBC)

3. Uma série sobre... nada

Sim, exatamente. Seinfeld foi descrita durante muito tempo como "um programa sobre nada", isso porque a série é guiada por um humor intercalado a conflitos superficiais e personagens esquisitos. O enredo de cada episódio normalmente gira em torno do envolvimento de alguém na vida de outra pessoa que, obviamente, gerará resultados, danos, consequências — e cujos protagonistas dificilmente aprenderão alguma lição com a experiência.

Seinfeld quebrou esse paradigma de separar os atores dos personagens que interpretam — o que geralmente leva o elenco a viver uma espécie de "vida dos sonhos" quando estão em frente às câmeras. Muitos episódios foram baseados em experiências cotidianas de quem estava atrás das câmeras: os roteiristas Larry David e Jerry Seinfeld, este último que interpreta a si mesmo.

2. Adultos falam (e agem) como adultos

Por mais que existam diversas sitcoms por aí com adultos, é muito fácil sair da linha do realismo e cair em algo imaginário. Seinfeld foi ousada demais para sua época: dificilmente víamos nos anos 1980 um programa abordar assuntos como masturbação e o antissemitismo de maneira tão direta e numa linguagem inteligente, sem ficar "tão na cara".

Há quem diga que os personagens da série são "uma versão exagerada dos traços que a maioria das pessoas veem em si mesmas". Jerry por exemplo caçava inúmeras desculpas para terminar com as mulheres que se envolvia, mas quem não se incomodaria com alguém que ama comerciais televisivos que você odeia? Apesar de todas as falhas (o que torna os personagens ótimos e reais), Seinfeld foi uma série identificável.

(Imagem: Divulgação / HBO)
(Imagem: Divulgação / HBO)

1. Se você terminar rápido demais, ainda tem Curb Your Enthusiasm

Há quem diga que a saída de Larry David na Temporada 9 de Seinfeld deu uma leve estremecida no programa. No entanto, os fãs da sitcom podem acompanhar uma proposta similar à produção da década de 1990 no streaming ao lado: a HBO Max. Em Curb Your Enthusiasm, David interpreta uma versão de si mesmo na série.

Na história, ele enfrenta uma série de pequenos aborrecimentos em seu cotidiano, mas é claro que, tratando-se dele, os problemas tomam outras proporções.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos