Mercado fechado

7 jovens do Barcelona para ficar de olho na temporada 2020/21

Antonio Mota
·2 minutos de leitura

O Barcelona foi muito criticado na temporada passada por “não ter banco de reservas” ou por ter apenas garotos como opção: "Uma equipe, que penso que é a melhor do mundo, não pode ter 13 nomes profissionais no elenco e outros que sejam apenas menores de idade", retrucou Vidal, em entrevista a Daniel Habif há menos de suas semanas. Agora, em uma forte reformulação, o time culé deve ter um elenco mais robusto, com mais alternativas e ‘profissionais’, porém sem esquecer das suas promessas. Confira:

7. Pedri

Pedri tem apenas 17 anos e ainda não deve aparecer como uma grande solução para o ataque do Barcelona. Porém, pelo andar da carruagem, o treinador Ronald Koeman deve dar chances ao garoto ao longo da temporada.

6. Ronald Araújo

Novo Godín? O zagueiro uruguaio Ronald Araújo é muito bem visto no Camp Nou. Aos 21 anos, ele tem muito potencial e certamente deve ganhar mais minutos na temporada 2020/21, sobretudo porque Piqué tende a “passar o bastão” para frente nos próximos anos.

5. Francisco Trincão

Cobiçado, o talentoso Trincão é uma das grandes apostas do Barcelona, que, inclusive, rejeitou várias propostas por ele, para os próximos anos. Vale a pena ficar de olho no português...

4. Riqui Puig

Embora o ‘novo Barcelona’ tenha Pjanić e esteja em busca de novos meio-campistas para a próxima temporada, Riqui Puig deve seguir ganhando minutos no time principal. Ele é outra grande aposta do clube.

3. Ousmane Dembélé

O caso de Dembélé é diferente: é tudo ou nada. Afinal, o Barcelona investiu muito dinheiro nele e espera um retorno em campo, o que deve fazer com que Koeman faça de tudo para tê-lo dentro das quatro linhas e (muito) longe do departamento médico.

2. Ansu Fati

Cria do Barcelona, o recordista Ansu Fati, de 17 anos, não parece sentir o peso de uma das camisas mais pesadas do futebol mundial. Sem dúvidas, o planeta bola vai ficar de olho nele nos próximos meses.

1. Frankie de Jong

A espinha dorsal do Barcelona tem um novo nome e sobrenome: Frankie de Jong. Craque, o meia holandês é tido como o ‘cara’ que vai conectar todos os setores do time culé. Koeman, inclusive, esboça o Barça 2.0 com ele, Messi e mais 9.