Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,17 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,14 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,23
    -2,65 (-3,49%)
     
  • OURO

    1.877,70
    -53,10 (-2,75%)
     
  • BTC-USD

    23.093,03
    -319,44 (-1,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,42
    -1,43 (-0,27%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,93 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.616,50
    -230,25 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5385
    +0,0488 (+0,89%)
     

7 em cada 10 empresas pagam por ferramentas de gestão de identidade que não usam

Uma pesquisa promovida pela One Identity, empresa de segurança de identidade unificada que faz parte do grupo Quest Software, revela que sete em cada dez empresas estão desperdiçando dinheiro com ferramentas de gestão de identidade que não usam. Conforme demonstram os dados do estudo, realizado com mais de mil profissionais de segurança de TI, 96% das empresas relatam o uso de várias ferramentas, com 41% implantando pelo menos 25 sistemas diferentes para gerenciar direitos de acesso.

Com o crescimento de usuários virtuais e ataques baseados em acessos privilegiados, 70% das empresas relataram que estão pagando por ferramentas que não são usadas, enfraquecendo suas estratégias de cibersegurança. Além disso, mais da metade das empresas (52%) gerenciam mais de 10 mil usuários, incluindo acessos concedidos a funcionários, dispositivos, máquinas, acessos digitais e clientes. Especialistas apontam que o investimento em várias soluções diferentes impacta diretamente em sua postura geral de segurança.

“Nossa pesquisa mostra que as organizações veem o impacto negativo de vários softwares fragmentados. Ao mudar a mentalidade dos profissionais de segurança de uma abordagem díspar baseada em ferramentas para uma abordagem de plataforma, as empresas podem melhorar suas defesas para se proteger contra o cenário moderno de ameaças”, completa Alessandro Regente, diretor LATAM da One Identity/Quest Software.

89% das organizações foram impactadas por ataques baseados em identidade. (Imagem: Divulgação/One Identity)
89% das organizações foram impactadas por ataques baseados em identidade. (Imagem: Divulgação/One Identity)

O gráfico acima revela que quase 9 a cada 10 organizações foram impactadas por ataques baseados em privilégio de acesso no ano passado, com quase 70% das empresas sofrendo um ataque de phishing. Segundo 80% dos entrevistados, os impactos dos ataques poderiam ter sido evitados com o uso de melhores ferramentas de gerenciamento.

Além disso, as ineficiências das ferramentas têm efeito direto nos negócios das empresas, desde custos até questões de produtividade. A pesquisa revela que 42% das companhias que participaram do levantamento relatam que os problemas das ferramentas custam US$ 100 mil por ano, mais de R$ 500 mil na cotação atual. Enquanto 85% dos entrevistados afirmam que economizariam mais de 10% do tempo eliminando essas ineficiências.

Dentre outros problemas de produtividade e compatibilização das ferramentas que a pesquisa revela, estão:

  • 44% afirmam risco aumentado devido a possíveis lacunas na cobertura;

  • 46% relatam que os gestores de TI estão gastando muito tempo gerenciando redundâncias;

  • 46% reforçam que os gestores de TI estão gerenciando muitas ferramentas para obter conhecimento aprofundado em qualquer uma delas;

  • 41% alegam que a produtividade da equipe de TI é menor porque eles precisam aprender tarefas semelhantes em vários sistemas.

85% dos entrevistados relatam que economizariam mais de 10% do tempo eliminando ineficiências de ferramentas. (Imagem: Divulgação/One Identity)
85% dos entrevistados relatam que economizariam mais de 10% do tempo eliminando ineficiências de ferramentas. (Imagem: Divulgação/One Identity)

Previsões de melhora

Conforme revela a pesquisa, existe um lado positivo que demonstra o interesse das empresas em melhorar sua segurança de acesso, com 90% das organizações participantes planejando consolidar suas ferramentas de segurança ou gerenciamento de usuários virtuais — com a maioria dessas empresas com intenção de colocar seus planos em prática ainda em 2023. Mais da metade (54%) dos entrevistados também acredita que uma plataforma unificada para acesso e gerenciamento seria o ideal.

Um resumo com as principais conclusões da pesquisa está disponível gratuitamente no site da One Identity.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: