Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,91 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,62 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    +2,79 (+2,68%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    21.069,23
    -90,52 (-0,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,32 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,19 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,72 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    +395,25 (+3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

7 dicas de segurança digital para pequenas empresas

A transformação digital mudou a maneira como a sociedade compra e vende, e ajudou as pequenas empresas a alcançarem novos clientes e a ganhar eficiência e produtividade — só que, para as corporações, em especial as pequenas, isso também significa que seus ambientes estão mais abertos a possíveis fraudes virtuais, o que pode trazer problemas e prejuízos sérios para as operações dessas empresas.

Sabendo desse cenário e a importância de empresas de variados tamanhos se protegerem dessas ameaças, a Visa compartilhou com o Canaltech algumas dicas que podem auxiliar as organizações a se protegerem de fraudes digitais. Compartilhamos elas a seguir, confira:

Dicas de proteção para pequenos empresas

Senhas únicas e fortes são importantes para segurança

A Visa recomenda que os responsáveis por pequenas empresas criem uma senha exclusiva para cada conta empresarial, que sejam diferentes da credencial utilizada em contas pessoais dos usuários. Para maior segurança, é recomendável mesclar números, letras maiúsculas e minúsculas e não salvar os dados de login no banco online ou no aplicativo móvel.

Os riscos de acessar contas corporativas usando redes Wi-Fi públicas

Fazer login em contas corporativas usando uma rede Wi-Fi pública pode expor empresas a diversas atividades criminosas digitais. Para evitar esse problema, é recomendado que os usuários verifiquem se a rede Wi-Fi do seu local de trabalho é segura e invisível para usuários não autorizados. O nome do roteador não deve ser mostrado externamente e o acesso deve ser protegido por senha.

A importância dos dois fatores de autenticação

A configuração de dois fatores de autenticação é uma medida de segurança que exige uma etapa extra além da senha para acessar a conta, como receber um código de segurança via celular ou e-mail para conseguir acessar a conta por meio de um dispositivo não reconhecido. É importante que usuários verifiquem se essa opção está disponível em suas contas corporativos, para aumentar a segurança de acesso.

Perigos de e-mails suspeitos

<em>E-mails maliciosos podem roubar dados de empresas se os funcionários não estiverem preparados. (Imagem: Reprodução/mohamed Hassan/Pixabay)</em>
E-mails maliciosos podem roubar dados de empresas se os funcionários não estiverem preparados. (Imagem: Reprodução/mohamed Hassan/Pixabay)

É comum que criminosos enviem e-mails maliciosos que parecem vir de bancos ou de uma empresa confiável. Nesses e-mails forjados, os criminosos podem pedir para as vítimas acessarem suas contas (por meio de uma página web idêntica à do seu banco, o famoso phishing) ou para reenviar informações comerciais que eles usarão posteriormente para acessar sua conta e roubar seu dinheiro.

Na dúvida, é aconselhado que links de e-mails nunca sejam acessados — sendo preferível a utilização de endereços oficiais do banco sempre. Além disso, utilize soluções antivírus no computador ou smartphone, que podem bloquear esses tipos de golpes.

Capacitação de funcionários em noção de cibersegurança

É importante que pequenas empresas implementem capacitações e recomendações de segurança para seus funcionários, como o uso de senhas fortes, autenticação de dois fatores, adoção de diretrizes de uso da internet e aplicação de possíveis penalidades quando as políticas da empresa forem descumpridas, deixando claro para eles os riscos de violações digitais no ambiente corporativo.

Proteger o acesso aos computadores e dispositivos móveis da empresa

As pequenas empresas devem ter o hábito de bloquear os notebooks e aplicativos móveis quando eles não estiverem sendo usados; além disso, cada funcionário deve ter um nome de usuário e uma senha segura e exclusiva. Também é importante que as organizações tomem cuidado ao conferir privilégios administrativos a algumas máquinas e evitem que os funcionários tenham permissões para instalar qualquer software em ambientes corporativos.

Cuidados com os dados do consumidor

<em>Tratar bem dados dos clientes é importante tanto para confiabilidade da empresa como também para não gerar multas. (Imagem: Rawpixel/Envato)</em>
Tratar bem dados dos clientes é importante tanto para confiabilidade da empresa como também para não gerar multas. (Imagem: Rawpixel/Envato)

É fundamental que as pequenas empresas protejam os dados de seus consumidores ao aceitarem pagamentos digitais, especialmente quando a maioria das atividades financeiras ocorre na nuvem. É recomendado que as companhias conversem com seus provedores de aceitação de pagamento para avaliar ofertas e encontre uma que se encaixa com a realidade da organização — e que, evite, no futuro, possíveis problemas por vazamento de dados de clientes.

Medidas para bloquear fraudes de pagamento

As pequenas empresas devem isolar seus sistemas de pagamento de possíveis riscos, utilizando sempre soluções seguras e cuidem bem dos dados dos clientes. A Visa também recomenda para essas organizações que, quando elas estiverem configurando os sistemas financeiros em seus serviços, conversem com seus bancos para saber quais são as opções antifraude disponíveis.

Além disso, as transações tokenizadas, como as do Apple Pay, Google Pay e Samsung Pay, vem se destacando como opções de pagamento que reduzem fraudes e evitar a exposição dos números dos cartões ou outras informações de clientes — com a recomendação da Visa sendo que organizações estudem implementá-las em seus serviços.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos