Mercado fechará em 2 h 6 min
  • BOVESPA

    106.042,48
    -76,52 (-0,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    41.905,06
    +36,24 (+0,09%)
     
  • PETROLEO CRU

    42,17
    +0,43 (+1,03%)
     
  • OURO

    1.869,60
    +8,10 (+0,44%)
     
  • BTC-USD

    18.282,28
    -172,47 (-0,93%)
     
  • CMC Crypto 200

    361,09
    -0,34 (-0,09%)
     
  • S&P500

    3.558,67
    +1,13 (+0,03%)
     
  • DOW JONES

    29.400,17
    +136,69 (+0,47%)
     
  • FTSE

    6.351,45
    +17,10 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    26.451,54
    +94,54 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    25.527,37
    -106,93 (-0,42%)
     
  • NASDAQ

    11.908,00
    -79,25 (-0,66%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3799
    +0,0727 (+1,15%)
     

Mais de 680 mil morreram por coronavírus no mundo

·3 minuto de leitura

A pandemia de coronavírus causou pelo menos 680.014 mortes no mundo desde que o escritório da OMS na China se deu conta do surgimento da doença em dezembro, segundo um balanço estabelecido pela AFP neste sábado (1) às 08h00 (Brasília), com base em fontes oficiais.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Notícias no Google News

Desde o início da epidemia, mais de 17.638.510 pessoas em 196 países ou territórios contraíram a doença. Delas, pelo menos 10.156.500 se recuperaram, de acordo com as autoridades.

Leia também

Este número de casos diagnosticados positivos reflete apenas uma parte do total de casos devido às políticas díspares dos diferentes países para diagnosticar os casos; alguns o fazem apenas com aqueles que precisam de internação e, na maioria dos países pobres, a capacidade de diagnóstico é limitada.

Na sexta-feira, foram registrados no mundo 6.469 novas mortes e 286.453 casos. Os países que registraram mais mortes, segundo os últimos balanços oficiais, são Estados Unidos com 1.442, Brasil (1.212) e Índia (764).

A quantidade de mortos nos Estados Unidos sobe para 153.314 com 4.562.170 casos. As autoridades consideram que 1.438.160 pessoas se recuperaram.

Depois dos Estados Unidos, os países com mais vítimas mortais são Brasil com 92.475 mortos e 2.662.485 casos, México com 46.688 mortos (424.637 casos), Reino Unido com 46.119 mortos (303.181 casos), e Índia com 36.511 mortos (1.695.988 casos).

Entre os países mais afetados, a Bélgica registra a maior taxa de mortalidade, com 85 mortos a cada 100.000 habitantes, seguida pelo Reino Unido (68), Espanha (61), Peru (58) e Itália (58).

A China, sem levar em consideração os territórios de Hong Kong e Macau, registrou um total de 84.337 casos, dos quais 4.634 morreram e 78.989 se recuperaram totalmente.

Neste sábado às 08h00 (horário de Brasília) e desde o início da epidemia, a Europa somava 210.200 mortos (3.177.936 casos), América Latina e Caribe 197.544 (4.828.413), Estados Unidos e Canadá 162.278 (4.678.286), Ásia 62.779 (2.848.811), Oriente Médio 27.321 (1.156.750), África 19.660 (929.326) e Oceania 232 (18.995).

Este balanço foi realizado utilizando dados das autoridades nacionais coletados pelos escritórios da AFP e com informações da Organização Mundial da Saúde (OMS). Devido às correções das autoridades ou à divulgação tardia dos dados, o aumento dos números publicados nas últimas 24 horas pode não corresponder exatamente com os do dia anterior.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube