61% das pessoas acreditam que há preconceito na contratação de negros

SÃO PAULO - Em razão do Dia da Consciência Negra, comemorado nesta terça-feira (20), a Trabalhando.com realizou uma pesquisa para saber como os profissionais enxergam o preconceito racial no mercado de trabalho.

O estudo, realizado com 535 pessoas, sendo 37% homem e 63% mulheres, concluiu que a maioria (61%) acredita que ainda existe racismo racismo na hora de contratar negros para cargos estratégicos.

Não há preconceito
Outros 39% declararam que não há este tipo de comportamento no mercado de trabalho, já que o número de negros em cargos estratégicos tem aumentado significamente nos últimos anos.

Para o diretor-geral da Trabalhando.com, Caio Infante, atualmente o problema diminuiu, mas isso não quer dizer que deixou de existir. Ele explica que hoje, as pessoas têm recursos na lei para se proteger contra esse tipo de atitude dentro do ambiente profissional, mas ainda não existem muitas garantias de combate ao racismo na hora de contratar.

"Os trabalhadores e as empresas devem lutar contra este problema, essa é a única maneira para se criar um ambiente profissional mais justo e que dê espaço para todos independente de suas características pessoais”, finaliza. 

Acompanhe as cotações de todos os fundos imobiliários negociados na BM&FBovespa
http://www.infomoney.com.br/onde-investir/fundos-imobiliarios/cotacoes
Carregando...