Mercado fechado

6 pessoas que se tornaram bilionárias antes dos 30 anos de idade

Enriquecer é o sonho de muita gente. Enriquecer ainda jovem seria melhor ainda. Já imaginou poder gastar seus milhões ou bilhões ainda com energia, saúde e disposição?

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

Alguns empresários já conseguiram este feito e cruzaram a barreira dos US$ 1 bilhão em patrimônio antes mesmo de cruzarem a barreira dos 30 anos - e sem contar com uma herança bilionária.

Leia também

Confira a seguir quem são alguns dos mais jovens bilionários do mundo.

Eduardo Saverin

Foto: REUTERS/Edgar Su

O brasileiro que ajudou Mark Zuckerberg a fundar o Facebook (e depois deixou a empresa em uma intensa disputa judicial com o colega norte-americano) fez seu primeiro bilhão em 2010, aos 28 anos. O dinheiro veio dos seus 5% de ações do Facebook.

Evan Spiegel

Foto: AP/Getty

O CEO e fundador do Snapchat tinha apenas 25 anos quando entrou para a lista dos bilionários da Forbes, em 2015. E isso foi depois que ele recusou uma oferta de US$ 3 bilhões para vender seu aplicativo ao Facebook.

Mark Zuckerberg

Foto: Mustafa Yalcin/Anadolu Agency/Getty Images

O criador do Facebook tinha apenas 23 anos quando faturou seu primeiro bilhão, em 2008. Hoje, aos 35 anos, o executivo acumula uma fortuna avaliada em US$ 67,3 bilhões - é um dos 10 homens mais ricos do mundo.

Kylie Jenner

Foto: Axelle/Bauer-Griffin/FilmMagic

A socialite, apresentadora, influencer e protagonista de reality show, Kylie Jenner, é a pessoa mais jovem do mundo a cruzar a faixa do US$ 1 bilhão. A empresária dona da Kylie Cosmetic chegou ao clube do bilhão com 21 anos, em março de 2019.

Sergey Brin

Foto: AP

Junto com Larry Page, Sergey Brin criou o Google no dormitório da faculdade. Apenas dias antes de completar 30 anos, o empresário ganhou seu primeiro bilhão com a oferta pública de ações do Google na bolsa de valores. A empresa foi avaliada ali mesmo em US$ 27 bilhões.

Elizabeth Holmes

Foto: REUTERS/Brendan McDermid

Aos 29 anos, Elizabeth Holmes tinha US$ 4,5 bilhões e era a bilionária mais jovem da história. Mas quando a sua startup de saúde, a Theranos, foi desmascarada e perdeu todo o crédito do Vale do Silício, em 2016, a empresária viu seu patrimônio em ações cair para zero, segundo a Forbes.