Mercado fechado

6 países que vão crescer mesmo com a pandemia de coronavírus

Mariana Naviskas
·2 minutos de leitura

A pandemia da Covid-19 virou de cabeça para baixo as economias de todo o mundo. Segundo o Banco Mundial, a previsão é de que o PIB global diminua 5,2%, o que representa a maior recessão desde a Segunda Guerra Mundial e o maior número de países enfrentando declínios de produção per capita desde 1870.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Mas, por incrível que pareça, há nações que talvez apresentam crescimento em 2020. Mais especificamente 30 países, de acordo com o relatório “Pandemia, Recessão: A Economia Global em Crise”, do Banco Mundial. Confira os seis com os maiores crescimentos.

Veja também

Guiana

Crescimento estimado de 51,1%

A recente descoberta de petróleo vai garantir a Guiana o maior crescimento de PIB do mundo e o posto de único país a crescer na América Latina e Caribe.

O país, com economia tradicionalmente agrícola, está no caminho para tornar-se grande produtor de petróleo e neste ano já colhe os frutos, mesmo com a pandemia, com mais empregos e aumento de receitas domésticas.

Uganda, Benin e Etiópia

Crescimentos estimados de 3,3%, 3,2% e 3,2%

A África Subsaariana é a região com maior número de países com possibilidade de crescimento segundo o Banco Mundial. Isso porque são nações com integração relativamente menor à economia global e que dependem, principalmente, da agricultura - atividade que sofreu menos impactos nesta crise.

Outra vantagem é o setor de turismo pouco desenvolvido, o que controla um pouco melhor a pandemia quando comparado a outras regiões, e medidas de restrição pelo isolamento social menos rigorosas.

Egito

Crescimento estimado de 3%

Apesar da desaceleração no turismo, projetos relevantes de construção pública podem auxiliar no crescimento do país, assim como uma recente relevância do setor de telecomunicações.

Vietnã

Crescimento estimado de 2,8%

É um dos países que melhor está conseguindo controlar o coronavírus: foram apenas mil casos até hoje e 27 mortes

Assinou recentemente um acordo de livre comércio com a União Europeia, cujo objetivo é reduzir 99% das tarifas de exportação das duas partes.

Em 2019, o Vietnã exportou US$ 304 bi e a previsão é de que o acordo dê um impulso ainda maior à economia do país.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube