Mercado abrirá em 9 h 26 min
  • BOVESPA

    108.976,70
    -2.854,30 (-2,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.668,64
    -310,36 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,07
    -2,21 (-2,90%)
     
  • OURO

    1.748,60
    -5,40 (-0,31%)
     
  • BTC-USD

    16.135,48
    -371,93 (-2,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    378,15
    -4,51 (-1,18%)
     
  • S&P500

    4.026,12
    -1,14 (-0,03%)
     
  • DOW JONES

    34.347,03
    +152,93 (+0,45%)
     
  • FTSE

    7.486,67
    +20,07 (+0,27%)
     
  • HANG SENG

    17.000,15
    -573,43 (-3,26%)
     
  • NIKKEI

    28.081,56
    -201,47 (-0,71%)
     
  • NASDAQ

    11.686,75
    -96,00 (-0,81%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,6054
    -0,0190 (-0,34%)
     

6 novos recursos que chegarão em breve ao Windows 11

A Microsoft lançou uma versão prévia do Windows 11 para testadores com um conjunto de novos recursos bastante interessantes. Um novo botão "Pesquisar" e uma seção de filtragem do Gerenciador de Tarefas são alguns dos destaques da atualização 22621.891 e 22623.891.

Os cadastrados no programa Windows Insiders podem ter recebido uma duas versões mencionadas acima. Ambas possui as funcionalidades listas, com a diferença que na primeira os novos recursos estão sendo efetivamente lançados e na segunda eles estão presentes, porém desativados por padrão.

A Gigante de Redmond explicou, quem receber uma compilação anterior, precisará verificar se há atualização disponível no Windows Update para ter acesso a todas as novidades implementadas. Insiders que estavam anteriormente na Build 22622 serão movidos automaticamente para a Build 22623 por meio de um pacote de habilitação.

6. "Novo" Gerenciador de Tarefas

Busque rapidamente por processos com a nova barra de pesquisa (Imagem: Reprodução/Microsoft)
Busque rapidamente por processos com a nova barra de pesquisa (Imagem: Reprodução/Microsoft)

O Gerenciador de Tarefas ganhou uma barra de pesquisa na parte superior da tela. Ali você poderá pesquisar pelo nome do processo ou do programa desejado para visualizar mais facilmente.

Segundo a Microsoft, o ajuste do Gerenciador de Tarefas era uma das principais solicitações dos usuários, porque facilita a localização dos processos. O recurso permite destacar certas categorias para encerrar tarefas ou apenas monitorar o desempenho dos aplicativos/serviços em execução.

Os Insiders com acesso ao recurso podem otimizar a filtragem até incluindo palavras-chave de contexto. O algoritmo de busca vai apresentar todas as correspondências possíveis e as aplicará a todas as guias do utilitário. É possível até usar o atalho de teclado ALT+F para acessar rapidamente a caixa de filtro de pesquisa.

O Gerenciador também recebeu suporte à seleção de temas na guia de configurações. Isso significa que você pode usar um tema claro no sistema inteiro e optar pelo escuro apenas no utilitário. A melhoria se estende a quase todas as caixas de diálogo do aplicativo, exceto em "Executar nova tarefa" e "Propriedades".

5. Ativação do modo de eficiência

Ao marcar a opção, você não precisará ver a janela de confirmação novamente (Imagem: Reprodução/Microsoft)
Ao marcar a opção, você não precisará ver a janela de confirmação novamente (Imagem: Reprodução/Microsoft)

O "Modo de eficiência" permite otimizar os processos do computador para reduzir o uso do processador, memória RAM, disco e internet. Antes, era necessário ativá-lo manualmente e refazer o processo toda vez que iniciar a máquina. Agora, haverá uma opção "Não me pergunte novamente" para facilitar a ativação ou desativação do recurso em definitivo.

4. Adeus botão de pesquisa da Barra de Tarefas

O botão de pesquisar foi trocado por uma pequena barra (Imagem: Alveni Lisboa/Canaltech)
O botão de pesquisar foi trocado por uma pequena barra (Imagem: Alveni Lisboa/Canaltech)

Uma das novidades que podem chegar em uma atualização futura do Windows é a mudança do botão de pesquisar, que fica originalmente posicionado ao lado do Menu Iniciar. Em algumas compilações do sistema, esse ícone foi trocado por uma barra de pesquisa.

Nada mudou em termos de funcionalidade, já que ainda é necessário clicar no botão para abrir o menu de busca. Porém, a nova aparência deixa mais claro do que se trata a opção.

O novo ícone é três vezes maior que os demais, ocupando um espaço de muito mais destaque na barra de tarefas. Quando é clicado, o botão muda para a cor azul e uma animação é aplicada à lente de aumento.

3. Backup de configurações do Windows

Os desenvolvedores liberaram uma função para o usuário fazer backup das configurações aplicáveis ​​em sua conta da Microsoft. É possível sincronizar esses ajustes em qualquer dispositivo com Windows e no Microsoft Office.

2. Pesquisa de emojis em idiomas orientais

Outra mudança do Windows 11 é a melhoria na pesquisa por emojis para os idiomas japonês e chinês simplificado. A principal dificuldade é associar as imagens aos caracteres em manipular Kana/Kanji e Pinyin, fazendo a correta associação às letras do alfabeto latino.

1. Correção de bugs

  • A Microsoft corrigiu um problema que fazia com que o ícone "não perturbe" desaparecesse quando o modo era ativado. Isso impedia que o usuário voltasse ao estado inicial quando desejasse;

  • Também foram corrigidas várias falhas do processo "explorer.exe" que afetava o desempenho da barra de tarefas. Quem usa o Windows 11 desde o início já deve ter notado que alguns ícones simplesmente travam e a única forma de restaurar era reinicializando o Explorer;

  • Outro ajuste que merece menção é o bug que impedia a localização de bastas pelo Explorador de Arquivos. A busca, às vezes, não conseguia exibir o resultado desejado, mesmo que a pasta ou o arquivo estivesse no local;

  • Por fim, a empresa corrigiu um problema que afetava a impressão no modo paisagem no Microsoft Edge. A saída de impressão estava incorreta e ocorria quando as pessoas usavam o Microsoft Defender Application Guard, possivelmente devido algum conflito.

A empresa não divulgou um cronograma de lançamento para usuários da versão estável do Windows 11.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: