Mercado abrirá em 7 hs
  • BOVESPA

    113.430,54
    +1.157,53 (+1,03%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.564,27
    +42,84 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,20
    +0,33 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.941,40
    -3,90 (-0,20%)
     
  • BTC-USD

    23.139,63
    +279,64 (+1,22%)
     
  • CMC Crypto 200

    524,33
    +5,54 (+1,07%)
     
  • S&P500

    4.076,60
    +58,83 (+1,46%)
     
  • DOW JONES

    34.086,04
    +368,95 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.771,70
    -13,17 (-0,17%)
     
  • HANG SENG

    21.902,35
    +60,02 (+0,27%)
     
  • NIKKEI

    27.341,87
    +14,76 (+0,05%)
     
  • NASDAQ

    12.107,75
    -44,25 (-0,36%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5184
    +0,0028 (+0,05%)
     

6 grandes filmes para assistir na Netflix em janeiro de 2023

O ano novo chegou e a Netflix parece seguir empenhada em manter o streaming como referência para os amantes de cinema. Tanto que, para janeiro, a empresa traz alguns grandes sucessos que já passaram pela telona e também algumas produções exclusivas e originais para mostrar que o dinheiro da sua assinatura está sendo bem investido.

O grande destaque da lista de lançamentos de janeiro de 2023 na Netflix é um suspense de época com pequenas doses de elementos paranormais e que traz um dos maiores escritores de terror de todos os tempos como um de seus personagens centrais. Assim, para quem está disposto a começar o ano com aquele incômodo de que há algo mais no ambiente, o play é garantido.

Aliás, outro ótimo suspense que chega é a sequência de Um Lugar Silencioso. O primeiro capítulo foi um enorme sucesso tanto pela ideia quanto pela execução, apresentando um mundo pós-apocalíptico que mantém o público com medo até de respirar. E agora a continuação vai fazer muita gente ficar no mais absoluto silêncio mais uma vez.

Por fim, a Netflix encerra o mês com um documentário sobre uma das figuras mais controversas dos anos 1990 e 2000 e aborda tanto o preço do sucesso quanto o impacto que vazamento de conteúdo íntimo pode ter na vida de toda uma família.

Quer saber mais sobre o que vem de quente por aí? Então confira 6 grandes filmes para assistir na Netflix em janeiro de 2023 e aproveite.

6. Jumanji: Próxima Fase

Dwayne Johnson pode não ter emplacado a franquia de super-heróis que queria com Adão Negro, mas Jumanji foi um dos grandes acertos recentes da carreira do ator. Ao lado de Jack Black, Kevin Hart e Karen Gillan, ele revitalizou a série ao transformá-la em algo mais moderno e trouxe um tom aventuresco que não existia.

Em Jumanji: Próxima Fase, os heróis do videogame retornam com novos jogadores. Assim, além de terem que enfrentar uma série de novos desafios em cada uma das fases, o grupo também precisa lidar com um conflito de gerações.

Jumanji: Próxima Fase chega à Netflix já no dia 1º de janeiro.

5. Ad Astra: Rumo às Estrelas

Outro filme que chega ao catálogo já no ano novo é Ad Astra: Rumo às Estrelas, a ficção-científica dramática estrelada por Brad Pitt. Isso porque o astro e galã decide viajar pelo espaço em busca do seu pai desaparecido.

O único detalhe é que esse pai não só falou que ia comprar cigarro nas estrelas e nunca mais voltou: há muitas respostas a serem dadas e a razão pela qual esse pai nunca mais apareceu pode trazer consequências impensáveis.

Ad Astra: Rumo às Estrelas também estreia no dia 1º de janeiro.

4. O Pálido Olho Azul

O primeiro grande exclusivo da Netflix em 2023 é O Pálido Olho Azul, filme estrelado por Christian Bale e baseado no livro de Louis Bayard. Contudo, o verdadeiro autor que importa é Edgar Allan Poe, que se transforma em um personagem nesse suspense.

A trama é focada em Augustus Landor (Bale), um detetive que é chamado para investigar um estranho crime cometido dentro de uma academia militar. E, para ajudá-lo a entrar nesse mundo e descobrir a verdade, ele recruta um cadete que é ninguém menos do que o próprio Poe.

O Pálido Olho Azul chega à Netflix no dia 6 de janeiro.

3. Ruído

Este filme mexicano toca em algumas feridas muito sensíveis: violência urbana, abusos policiais e desaparecimento de pessoas. Ruído conta a história de uma mulher em busca da sua filha desaparecida e que, sem encontrar apoio por parte da polícia, decide ir atrás de informações sozinha.

É quando ela se depara com uma rede de apoio formada por outras mulheres que também tiveram suas vidas destruídas pela violência. E as consequências dessa união é algo muito incômodo para quem quer manter as coisas em silêncio.

Ruído chega à Netflix no dia 11 de janeiro.

2. Um Lugar Silencioso - Parte II

A aguardada sequência de Um Lugar Silencioso chegou aos cinemas semanas antes do início da pandemia de covid-19, sendo um dos filmes mais afetados pelas medidas de isolamento. Por isso mesmo, muita gente deixou para ver a continuação quando ele chegasse aos streamings — ou seja, a hora é agora.

A história mostra o que aconteceu com a família Abbott após o confronto contra os monstros e a trágica conclusão disso. E o grande desafio dessa vez é aceitar que os humanos se tornaram tão perigosos quanto as próprias criaturas.

Um Lugar Silencioso - Parte II estreia no dia 13 de janeiro.

1. Pamela Anderson: Uma História de Amor

Documentário vai mostrar o preço da fama que Pamela Anderson teve que pagar (Imagem: Divulgação/Netflix)
Documentário vai mostrar o preço da fama que Pamela Anderson teve que pagar (Imagem: Divulgação/Netflix)

A Netflix encerra seu mês de novidades com o documentário Pamela Anderson: Uma História de Amor, que mergulha um pouco na história da estrela de TV e do cinema que brilhou ao longo de toda a década de 1980, mas que pagou um alto preço por essa fama nos anos seguintes.

A partir de vídeos caseiros, diários e muitos relatos, o filme mostra desde a ascensão de Pamela ao modo como isso tudo afetou todos os seus relacionamentos, culminando na famigerada sex tape e no escândalo em torno do episódio — algo que deixa marcas até hoje.

Pamela Anderson: Uma História de Amor estreia no dia 31 de janeiro.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: